17 de mai de 2008

Rir para não chorar!


Recentemente fiz um curso de fotografia, em que o ministrante despejou centenas de imagens em três dias, além das descrições das mesmas. Tive uma grata surpresa: simplesmente meus alicerces mentais no quesito “imagem” foram desmontados um por um.

Algumas obras só podem ser compreendidas considerando-se o contexto onde foram apresentadas; outras não. Devem provocar alguma reação no espectador como surpresa, espanto, questionamento ou ódio. E reações nem sempre no campo da estética.

Numa das imagem de Marcos Chaves, identifiquei imediatamente o momento de espanto e surpresa diante do “chopinho amigo” ocorrido naqueles dias entre Ariosto Culau, Secretário de Planejamento e Lair Ferst, empresário, lobista, ex-coordenador da bancada do PSDB na Assembléia e articulador de campanha de Yeda Crusius.

É um espanto que um Secretário após o rompido um contrato entre o DETRAN e a FATEC Fundação envolvida com a Máfia do DETRAN), vai se encontrar com um dos suspeitos desta monumental fraude, Lair Ferst.

A impressão é que Culau agiu como "ajudante de ordens", como um garoto de recados da Governadora, tentando acalmar Lair acusado de formação de quadrilha, locupletamento em dispensa de licitação, peculato, corrupção ativa, extorsão e falsidade ideológica. Tá bom ou querem mais?

Imagino que o recado deve ter sido mais ou menos assim: “take it easy Lair,daremos um jeitinho, não se esqueça das OCIPS”!

A fotografia acima encaixa-se neste lamentável episódio de descaramento e cara de pau e confirma a máxima de que uma imagem vale mais do que mil palavras! Nem é preciso dizer quem a escadaria de pedra representa.

Para conhecer mais sobre a obra de Marcos Chaves clique aqui.

Para saber mais do Governo Yeda Crusius, acompanhe a página policial dos piores jornais do Brasil e os Blogs:

Nenhum comentário: