23 de mai de 2008

E por falar em encher lingüiça....


ZH de hoje é um "primor de informação". Hoje Marcelo Rech, o articulista político de ZH, mostra porque e não por acaso comanda a linha editorial do tablóide Zero Hora, o jornaleco impresso na Azenha. Como um garoto de recados do Sr. Nelson Sirotsky aos empregados na redação, também encheu o saco em falar sobre a CPI da Máfia do DETRAN-RS, sintonizado com Lasier Martins que também esta com o saco cheio.

Duas páginas com firulas, babados e espaços em branco neste trágico outono em que a população local está "hipertensa" de tantos escândalos de corrupção. Mas ZH como "é a fonte da informação" , faz o que mais sabe: brigar com a notícia e desinformar seus leitores e assinantes. Este é o exemplo didático do anti-jornalismo.

Fazer uma reportagem investigativa do tipo: Quanto custa uma mansão na Vila Jardim? Nem pensar!

Outra idéia para seu Marcelo Rech nesta estiagem de idéias: Investigar o súbito aumento de viagens a os Uruguai, especialmente cidades fronteiriças.

Mala preta é o mais recomendado?

Não assine e não compre Zero Hora. RBS e ZH mentem! Você está sendo enganado.

Nenhum comentário: