30 de dez de 2007

Que votos de Boas Festas, conspirem sobre nós!

Apesar do atraso, desejo votos de boas festas aos que por aqui passarem.

Que o CAUSAÉREO e o CAUSECONÔMICO se espraiem sobre vós.

Saúde e paz!

Amém.

27 de dez de 2007

Você acredita em Papai Noel?


"Você reconhece o Noel da foto?

Ele apareceu em meio ao show da cantora Isabela Fogaça, no Natal Luz, em Gramado.

Isabela se encarregou de tirar a tradicional roupa de cetim vermelho e a barba branca do papai noel José Fogaça.

Juntos, o prefeito de Porto Alegre, a primeira-dama da cidade, e os dois filhos do casal, Martim e Francesca, protagonizaram o espetáculo de músicas natalinas - como fazem todos os anos."

ROSANE DE OLIVEIRA ZERO HORA (ARGGGGHHHH) DE SÁBADO 15/12
~o0O0o~

A fotografia acima mostra o Prefeito Fogaça fantasiado de Papai Noel, em um evento natalino. O termo “fantasiado” define, perfeitamente, o que é sua gestão com Eliseu Santos (“o que caiu do Céu”): uma completa fantasia.
Com o aval de Rosane de Oliveira, a porta voz da direita e do dono do “jornaleco da Azenha”, como diz meu caro Marcelo da Silva Duarte do la vieja bruja (http://www.laviejabruja.blogspot.com/ ), eu conseguirei dormir esta e tantas outras noites.

19 de dez de 2007

100 anos é muito pouco para Oscar!


Oscar Niemeyer é uma destas pessoas que me fazem ter orgulho de ser Brasileiro. Homenagem pelos 100 anos deste jovem arquiteto.

Sobre a CPMF...


Bem, não sei bem quem ganhou ou perdeu! O Governo, as oposições ou a população. Até à tarde da votação, os diversos articulistas políticos dos jornais nacionais, unanimemente, eram contra a CPMF. Faziam eco às oposições ao governo Lula, e isso não é nenhuma novidade. Diziam ao vento, que nenhum centavo ia para a saúde.

Logo após a vitória dos sonegadores de impostos, os mesmos jornalistas que defendiam a queda da CPMF, passaram a dizer, entre outras coisas, que 40% da arrecadação ia para a saúde, e o restante para o Fome Zero, Bolsa Família, entre outras aplicações no social!

Inclusive pode-se ver figuras errantes do PSDB, a defender efusivamente tal imposto. Alguém estava mentindo! Certamente não era o Governo Lula.

Se você movimenta R$10.000,00 em um mês, pagará em CPMF, R$38,00.

Em um ano, equivale a R$120.000,00 de movimentação e R$456,00 de CPMF, ou seja 0,38% do total.

Junto com esta taxação, toda documentação para a comprovação é arquivada, ou seja, se o dinheiro é movimentado em bancos, deixará um rastro!

A CPMF é um imposto anti-sonegador, anti-lavagem de dinheiro.

Imagino que a turma do DETRAN_RS seja contra a CPMF!

DINHEIRO EM MALAS NÃO PAGA CPMF!


Eles não suportam ver o Brasil, minimamente, dar certo!

"O PSDB deve se preocupar com a eleição, e não com a nação." Esta frase foi emitida pelo "Farol de Alexandria" (FHC segundo Paulo Henrique Amorin)


18 de dez de 2007

A revista Carta Capital está impagável!


As batatas do vencedor

(http://www.cartacapital.com.br/475/as-batatas-do-vencedor)

"Na última hora, a oposição desfaz acerto com o governo e derruba a CPMF

No rescaldo da batalha da CPMF, cujo lance final se estendeu por longas sete horas, entre a noite da quarta-feira 12 e a quinta 13, contam-se muitos perdedores e alguns vencedores. Sem dúvida, e descartados inicialmente os erros da coordenação política do governo Lula, ganharam o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, principal articulador da resistência oposicionista, o senador Arthur Virgílio, lugar-tenente de FHC no Senado, o antigo PFL, que sempre defendeu o fim do chamado imposto do cheque, e os empresários capitaneados por Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), entidade que reuniu mais de 1 milhão de assinaturas contra a extensão da cobrança (com o auxílio inestimável, registre-se, dos camelôs e seu comércio informal no centro da capital paulista, sem os quais o abaixo-assinado não teria sido tão volumoso).

Mas, como diz o conhecido epíteto, aos vencedores, as batatas. É óbvio que a derrota provocará um desarranjo nada desprezível nas contas do governo federal. Sem um plano B na cartola, a equipe econômica será obrigada a rever os gastos previstos em pleno ano eleitoral, conforme o cálculo político da oposição. Em 2007, a CPFM deve arrecadar cerca de 40 bilhões de reais. Diante dos atuais índices de crescimento da economia, estimava-se um aumento de receita em 2008. Boa parte do dinheiro é empregada em programas sociais, entre eles as aposentadorias rurais e o Bolsa Família, de reconhecido efeito nas eleições municipais do próximo ano, que tem peso relevante no jogo da sucessão presidencial de 2010."

Jornalista e patrão

A cherge de Eugênio Neves, mostra muito bem como a liberdade de imprensa é vista pelos chargistas. ( http://dialogico.blogspot.com )

Menos é claro, pelo Marco Aurélio de ZH, que não sabe desenhar.

6 de dez de 2007

Fibonacci não conheceu Yeda. Sorte dele!

1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, ...


Por mais cético que sejamos quanto a existência de entidades sem CIC (~CPF), e para eu mesmo, é curioso que um infindável número de eventos sigam a tal Série de Fibonacci, expontaneamente! É certo que arranjos geométricos tendenciam esta série. Ela está na fotografia, no desenho, na engenharia, na arquitetura, na botânica, na anatomia, na astronomia. Mais curioso é saber onde ela não se apresenta.
Saiba mais aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Fibonacci

Na arte, é representada pela Proporção Áurea. O equilíbrio e a armonia, aliás, palavras muito caras aqui pelas bandas sul-mampitubenses!

No Governo Yeda reina a arrogância, o desequilíbrio e o caos.


4 de dez de 2007

Bola fora!


A demissão dos chargistas Kaiser, Moa e Santiago do Jornal do Comércio, expõe o caráter político-mercantilista de um jornal. A liberdade de imprensa, tão exigida, é mais uma falácia. A imprensa não admite discutir-se. Ela está acima do bem e do mal. É triste ver esse tipo de coisa ocorrer, a despeito da excelência dos três chargistas. Não importa a informação, mas os interesses corporativos. Já fomos assinantes do JC, e já pensavamos em refazer a assinatura. Mas é impressionante como esses jornais tentam de todos os modos copiar o "ZH way of life" do jornaleco da Azenha!

Bola fora do Sr. Mércio Tumelero, a quem oferecemos este sucesso do YouTube!
Escreva pro Seu Mércio aqui: http://jcrs.uol.com.br/Inf_JC/contato.aspx

Não compre ou assine o Jornal do Comércio.

No olho da rua. Liberdade de imprensa, Por supuesto!




"Santiago, Kayser, Moa,
Agradeço o trabalho que fizemos em conjunto até agora e comunico que o JC está dispensando o serviço de vocês."

Com essa mensagem, acabou a brincadeira. No lugar da minha charge, hoje havia a foto de uma manifestação direitosa na Venezuela, acompanhada por um editorial esculhambando o Chávez. Assim, o blog talvez fique um pouco desatualizado (ainda mais), até que eu tenha vontade de desenhar novamente.

Não chega ser de todo mal. O único aspecto verdadeiramente negativo é deixar de ganhar uma merreca todos os meses. Mas, como é uma merreca, também não vai fazer tanta falta assim. Um dia, quem sabe, eu até coloco no blog uns banners do Banrisul, de prefeituras, da Assembléia Legislativa e faturo uns pilas, como todo jornalista vigarista desta cidade faz.

Pena mesmo é que eu não sou assinante do JC para poder fazer o mesmo com eles...

...............................................................................
Nossa solidariedade ao Kaiser, Moa e o Santiago. Quem per de são os leitores e a diversidade de idéias. Não compre e não assine o Jornal do Comércio!

3 de dez de 2007

Ditadura na Venezuela?


Você já viu alguma ditadura na história deste planeta, fazer algum referendo, para saber se a população aprova suas ações? Eu não!
O ex-Presidente Emílio Médici, este "democrata de carteirinha" que mandou assassinar cidadãos brasileiros, não fez referendo. E a imprensa se calou!
Se eu fosse o ditador da Venezuela, não sobraria um militante da direita! Mas o Presidente é Chaves, e ele é democrata.
Sorte da direita venezuelana!
Leia também:
http://viomundo.globo.com/site.php?nome=Bizarro&edicao=1566
http://viomundo.globo.com/site.php?nome=OndeTrabalho&edicao=1570

29 de nov de 2007

Um passarinho me contou!

Foto de Beto Moesch, tirada após a agreção a uma índia Caigangue!
Ontem à noite, foi lançada a Agenda Ambiental de Porto Alegre, pelo Secretário Municipal do Meio Ambiente, Beto Moesch. O evento foi realizado no Dado Tambor do Bourbom Country. Em determinado momento toca a Marcha Fúnebre, como parte de um evento de mágicas, e quem surge no ambiente? Tcham, tcham, tcham, tchammmmmmmmmmmmmmm....
Fumaça e Beto Moesch, o Secretário que morde e dá cabeçadas. Pode ser obra do acaso; mas que não deixa de ser curioso, isso lá não deixa!
O descaminho e a incopetência da Administração Fogaça e Eliseu Santos ecoam em mais este intrigante "acaso".
Perguntas que não querem calar:
Seria um mau agouro à reeleiçao desta administração?
Foi distribuida, físicamente, alguma agenda aos presentes, ou foi mais uma das evento eleitoreiro da falsificativa dobradinha?

Yo no creo en brujas pero que las hay ...

23 de nov de 2007

O peido no elevador!


Como um partido conclui quais serão seus candidatos nas eleições? Em um congresso em que os militantes se inscrevem em uma lista e os mais votados serão os futuros candidatos? Até aí, tudo bem ou tudo mal, se o tal congresso for ao dia 24 de Dezembro, por exemplo! A democracia deve começar no partido político. Começa com ideologia, com princípios, com participação, com o coletivo, com honestidade e não simplesmente para representar interesses particulares.

Quando, em estatística, se enuncia uma questão, partimos sempre de uma condição ideal, de honestidade: seja um dado honesto, seja uma roleta honesta, e assim por diante.
Nas questões políticas, deveríamos também seguir a mesma lógica: seja um político honesto, seja um jornalista honesto, seja um comunicador honesto, e assim por diante.
Mas no plano real nada disso funciona.

A introdução de efeitos especiais na propaganda política exigiu a introdução da marquatagem política, que passou a vender a imagem de candidato como se fosse sabão em pó.

O mecanismo funciona mais ou menos assim:
1-Os partidos escolhem seus candidatos e montam suas estratégias para empulhar os eleitores, com criaturas de moral sabidamente “ilibado”...
2-Caçam-se eleitores com as promessas tipo fim-de-semana em Paris, viagem para Marte, com uma passadinha na lua, etc. Tudo,“de grátis”...
3-Os eleitores, imbecilmente imaginam: precisamos mudar, queremos um novo jeito de governar, etc. E, asnaticamente, escolhem um candidato(a) com “a cara da cidade”...
4-Após a eleição, a conversa é outra,...Não é bem assim,... Eu nunca disse que...
5-Os eleitos, agora entregues às empreiteiras, jornalões e demais corporações, iniciam movimentos intestinos para PAGAR AS DÍVIDAS DE CAMPANHA, que ficaram no gancho... Pois as promessas de campanha já foram jogadas no lixo. Vale TUDO!
5-Os Tribunais de Contas, e Tribunais Eleitorais, não sabem de nada e nunca viram nada; muito antes pelo contrário!
6-Tropa de choque do governo é armada, para aumentar o rendimento dos apoiadores da candidatura vencedora... E na maioria das vezes, faz exatamente o contrário de suas promessas.
7-A ordem é: meus apoiadores têm que faturar...o resto que se dane.
8-Aí vale tudo: engavetar CPI, “chibarrada” de bodes na sala, chefe do executivo dizendo uma coisa e fazendo outra, etc...
9- Problemas? Que problemas? A culpa é do Lula!
10-Os que se esbofeteavam e se xingavam na campanha, agora estão todos “xuntos reunidos”...
11-Os jornais? Isentos como sempre, só enquanto o chefe do executivo não der um cala-a-boca ($). ( Entenda-se cala-a-boca como a publicidade governamental nos meios de comunicação) Após o cala-a-boca meu amigo, seus problemas acabaram. O podre fedor oriundo dos bueiros da sacanagem e dissimulação, rapidamente será transformado no inconfundível aroma de alfazema da campina. O Governo Rigotto é um exemplo didático.
12-Governa-se três anos. Meio é para entender do “trem” e mais meio pra não largar o “trem”...( o governo Fumaça ainda não entendeu o “trem” até hoje)
13-Moral da história: Quem leva ferro, só pra variar, é a população. Deveria ser deveria ser introduzida a vaselina na cesta básica.
14-Após quatro anos, começa tudo de novo!

Como mudar tudo isso?
A sociedade NUNCA mudará se toda informação que os cidadãos recebem pelos jornais, não tiver uma fidelidade canina aos fatos! Falo informação; e não a opinião, já que segundo Pedrinho Guareschi: “As pesquisas mostram que mais de 80 por cento de tudo o que as pessoas falam durante o dia, seja no trabalho, no trânsito, em casa etc., é pautado pela mídia...”
Eu é que devo concluir o que leio em um jornal, e não abdicar deste direito ao catafístula e pseudo-comunicador Lasier Martins!
A mudança começa por aqui. A Lei de Comunicação Social nunca foi regulamentada. Você acha que o Grupo RBS ou a Rede Globo têm algum interesse em discutir o assunto? Você acredita que o Sr. Hélio Costa, Ministro das Comunicações e dono de Concessão de Rádio, vai querer discutir isso?
E o que tem a ver alhos com bugalhos?
Tudo. Os partidos de direita são articulados com os jornais, que são praticamente todos de direita. Ética e isenção, só existem naquele jornal que está por nascer.
As grandes empresas de comunicação tiveram sua existência e crescimento assegurado na ditadura militar!
Os jornalões foram cúmplices de assassinatos cometidos pela ditadura militar. Chegou-se ao cúmulo de que o editorialista de um jornal era mais eficiente do que o próprio sensor!
De onde saiu toda essa falcatrua que jogaram o RS, toda essa meleca de corrupção que envolvem os partidos de centro-direita? Caíram de pára-quedas?Isto não é de agora.
Já no final da campanha de Yeda Crusius, já se falava do tal Homem da Pasta Preta! O es-secretário de Segurança, Ênio bacci , fez denúncias que nem o PT teve coragem de investigar. Bacci estava mexendo com essa gente. Onde foi parar o jornalismo investigativo?
Os jornais têm partido. Esta é a prova cabal.

Os jornais do estado esmeraram-se na CPI de Segurança Pública no Governo Olívio Dutra. A insegurança era 1/10 do que nos encontramos hoje. A mitificação levada a cabo pela mídia local, em especial a RBS, fez com que a sensação de insegurança dos gaúchos superasse os 70%. Curioso foi o Rio, que estava em pé de guerra, a sensação de insegurança era menos.
Hoje, existem fatos reais e investigados pela Polícia Federal. Existem horas de gravação, existem conexões estranhas entre os investigados, políticos de expressão e inclusive relacionados aos poderes estabelecidos; mas a imprensa minimiza. Existem claramente duas éticas.
Uma destinada aos movimentos sociais e partidos de esquerda, e outra ética destinada aos partidos que compõe, junto com os jornais, as grandes corporações, as empresas e a elite econômica.
O Sr. Lasier Martins, entrevistando um cientista político, fez a seguinte pergunta: como fazer para que não se eleja tanta gente corrupta? O entrevistado desviou e desconversou, mas a resposta é muito simples, está na conduta dele próprio e da empresa em que trabalha. Os jornais não estão preocupados em informar, mas em conspirar!
Há uma cumplicidade até às entranhas entre os políticos de direita, os jornais e seus articulistas.


~o0O0o~

Estavam em um elevador Yeda Crusius, Paulo Feijó, Fogaça e Eliseu Santos, Paulo Odone, Záquia e Busatto . Junto estavam diversos articulistas políticos: Lasier Martins, Diego Casagrande, Políbio Braga, Rosane de Oliveira, José Barrionuevo e Fernando Albrecht, o Cascatinha.
Ninguém havia percebido, mas estava também CHIQUINHO, o baleiro, que não conhecia nenhum deles.
O elevador estava quase chegando ao seu destino quando CHIQUINHO, após não suportar mais o fedor, lascou: quem é que peidou no elevador?
Todos se olharam com ar de surpreendidos; furiosos e em coro, os seis articulistas responderam:
Foi Olívio Dutra, que desceu no andar superior!
Pois é assim que funciona a fedorenta imprensa marrom gaúcha.

RBS/ZH MENTEM.
NÃO COMPRE NEM ASSINE ZERO HORA.

21 de nov de 2007

TPM feminina!


Vivemos em um estado de tantas emoções, que esqueci de escrever sobre o vídeo acima. Assisti a algo semelhante, em um estacionamento de supermercado de Porto Alegre. Quase levei uma camaçada de pau, eu e outros clientes, pelo simples fato de termos cruzado, respirando, pela criatura. Felizmente não fui mordido. Procurei algo coisa parecida no YOUTUBE e encontrei.
Antes de alguma elucubração maldosa, o supermercado não era próximo ao PIRATINI!

A ânsia!

Os agentes políticos que representam a imprensa marrom sul mampitubense, apostando no envolvimento de várias personalidades da CGTE, empresa do setor elétrico ligada ao Governo Federal, estavam eufóricos. Seria uma moeda de troca pela corrupção que envolve as entranhas do Podere Executivo e Legislativo gaúchos; o caso Macalão/Selos e DETRAN-RS.

Micou geral, quando os nomes dos envolvidos passaram a ser divulgados, decepcionando todo pseudo-jornalista, pseudo-comunicador e político direitista local.

Em um programa de rádio, hoje pela manhã, só faltou um radialista perguntar a Sereno Chaise, se não haveria mesmo nenhuma possibilidade dele, Clóvis Ingelfritz e Júlio Quadros, estarem envolvidos.

Cúmulo à enésima potência foi o Sr.Lasier Martins, ético até o ultimo fio de cabelo, ao divulgar as prisões de Clóvis Ingelfritz e Júlio Quadros, uma inverdade. Lasier Martins, o ético, foi incapaz de divulgar anteriormente, os nomes dos envolvidos no caso da Fraude na concessão de licenças ambientais no Costão do Santinho na Ilha de Florianópolis, onde Péricles de Freitas Druck estaria envolvido. Druck é anunciante em programa da Rádio Gaúcha, como proprietário do Hotel Serra Azul.

A ansiedade do Sr.Lasier é impressionante. “Figurão” amigo envolvido em fraude, não tem nome.

Pesquisando meu comunicador predileto, descobri essas peças:

http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL12790-6174,00.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Lasier_Martins#Refer.C3.AAncias

Na biografia de Lasier na WIKIPÉDIA, faltam adjetivos que lhe defina o caráter!

Para o quadrúpede de seu filho entender:

Lasier Martins é jornalista do Grupo PRBS. Sofreu um violento atentado fracassado, promovido por um grupo de Uvas assassinas e transmitido ao vivo no Jornal do Almoço.

http://www.youtube.com/watch?v=U9CXtycJz_g

~o0O0o~

Posteriormente li que o pseudo-comunicador-de extrema-direita Sr. Diego Casagrande, provavelmente imbuido pelo espírito jornalistico do bem informar, também divulgou informações falsas. Por que será que isso não me impressiona mais?

A auto estima da polícia gaucha, onde andará?


A propósito: por onde andará a inteligência da Polícia do RS, que nunca chegou perto do escândalo DETRAN-RS? O chegou muito perto, mas tão perto que a Governadora resolveu mudar o Secretário Bacci, de Segurança Pública?
Preocupada com movimentos sociais, fotografando manifestações em frente a RBS, passeata da própria polícia ou encontro de indíos?

A verve venenosa de Políbio Braga


...em relação ao PT, especialmente Olívio Dutra e Raul Pont, acredito ser movida à gasolina! Deve haver uma explicação. Pode estar perdiiiiiiiiiiiiiiiiiida em algum terreno baldio da Mui Leal e Valerosa capital.

19 de nov de 2007

Anônimo disse...


"Realmente começo a crer, que esse blog é cada vez mais PRÓ-PT ??? Não deveria ser assim, pois ai a tendência tão criticada das outras mídia, se vê também por aqui...........
PT É GOVERNO, E SE É, É PODRE TAMBÉM."

Caro anônimo:

Tanto eu, que escrevo este blog, como tu, temos uma ideologia. Cada qual com a sua. Fazem muitos anos que voto em ideologia e na esquerda, indiferente às estórias contadas por jornalecos do tipo ZH do PRBS.

Acredito na utopia como meta inatingível. Uma delas é infernizar esta horda de picaretas que são os formadores de opinião deste lixo de jornais que temos neste pântano ao sul-mampitubense. Pântano, pois é assim que nos encontramos agora: em um lodaçal de corrupção no Governo do Estado e Assembléia Legislativa. Hich, ia esquecendo a Prefeitura, no Pró-Jovem. E veja como estamos: agora temos até o mundialmente conhecido "trabalho escravo". Em se tratando de canalhice, não devemos nada a nenhum outro estado, do Oiapóque ao Chuí! Tanto faz no Executivo, Legislativo e Judiciário!

A ética riograndense é mito; a ética é fruto desta construção dissimulada da direita, para continuar no poder.

Todos os partidos políticos, utilizaram-se desta metodologia de financiamento eleitoral em que o PT federal tentou copiar, mas acredito que faltaram alguma aula ou deveriam ter feito um estágio por aqui, no DETRAN ou na Assembléia Legislativa.

Este Blog é simpático ao MST, PT, PCdo B, PSB (?), Via Campesina. Pró dignidade dos moradores das vilas, dos sem-teto, dos desempregados, contra todo tipo de preconceito ancorado na direita mais safada do Brasil. Envergonhado perante os negros e os índios, pelas atrocidades cometidas pela etnia brantusquela! Este Blog admira o trabalho Leonardo Boff, Frei Beto, Dom Pedro Casaldaglia.

Tenho preconceitos, sim. Contra esta direita canalha, safada e dissimulada em democrática e "cumpridora de leis", enquanto das leis estiverem obtendo vantagens.

Este Blog acredita que somente através da regulamentação na lei de Comunicação Social, daremos início a uma mudança no desequilíbrio político-social, tão importante para a consolidação da democracia no Brasil.

Este Blog acredita, também, que uma reforma política é imprescindível. O financiamento público das campanhas eleitorais é uma importante condição. Não existem virgens nesta história.

Este BLOG tem lado. Não é o lado de Yeda Crusius, José Fogaça e partidos de sustentação. Muito menos o lado dos Senadores Zambiasi e Simon; ou dos Srs. José Dirceu, Delúbio Soares, Silvio Pereira , Berzoini et caterva! Sinceramente não acredito na Heloisa Helena e Luciana Genro. Não daria um cheque em branco ao Presidente Lula, ainda que reconheço seu esforço e vários avanços que a imprensa marrom, insiste em negar. Reforma agrária e rádios comunitárias, nota zero ao Governo Federal.

Este não é um Blog de informação, mas de opinião! Agora, não vamos confundir jamais, informação com opinião, por favor! Informação é o que estes jornalecos dizem que fazem, mas não fazem. Agem como partidos políticos e movidos pelos interesses dos anunciantes, sem esclarecer isto aos seus desavisados leitores. Como pode um grupo de comunicação gerar informação, e repassá-las aos diversos órgãos de uma mesma empresa: jornal, rádio, TV e Internet? Isto é inconstitucional!

Liberdade de imprensa, é a liberdade do dono de um jornal de comprar e vender o seu negócio, e de publicar a informação de maneira que não prejudique seus interesses corporativos. O jornalista-funcionário, escreve o que mandam, como mandam ou permitem escrever. O jornalista não tem liberdade para transcrever uma notícia com fidelidade canina aos fatos! Um jornal é vendedor de informação e de crises, até obter maiores verbas publicitárias. Aí esta ZH que não deixa mentir! A informação que de lixe.

Opinião, temos tu e eu, no sentido particular.

Ser governo, não é sinônimo de ser podre. Mas ser governo é articular também com gente pra lá de podre e fétida. Estes também são eleitos. Ocupam cadeiras nas Câmaras de Vereadores, Assembléias Legislativas, Senado e Câmara Federal. A barganha é o dinheiro, cargos políticos, poder, visibilidade, etc! Se formos analisar podridão de governos, é impossível não sentir o mau cheiro do que está mais próximo de nós!

Então, vamos rediscutir a forma de governo, os partidos políticos e os órgãos de controle; pois se os Tribunai Eleitorais, Tribunais de Contas e Procuradorias que mais parecem órgãos políticos atuassem com o mínimo de isenção, não estaríamos nesta sinuca de bico!

Mas existem alguns maus políticos que os jornais nem comentam, por culpa dos próprios jornais e formadores de opinião; ou seriam deformadores de opinião?


Viva Fidel, Viva Chaves, e Viva Che.

RBS/ZH mentem, por supuesto!


Para o quinto dos infernos, a direita.

Esta é uma declaração ideológica deste blog.

Espero ter dissipado tuas dúvidas!




Associo-me às opiniões do Marco, Cristóvão

O dedo podre do Senador Simon

Quero me associar à legítima indignação do blog RS Urgente, do jornalista Marco Weissheimer, com o senador guasca Pedro Jorge Simon, ontem manifesta em post. E fazer um desagravo (não autorizado, mas de cidadão) ao ataque covarde sofrido pelo ex-governador Olívio Dutra, por parte desse tipo dissimulado que é o senador PJS.
Leia na íntegra http://www.diariogauche.blogspot.com/
...................................................................................................................................................................
A INDIGNAÇÃO DO SENADOR SIMON

E ressurgiu a indignação do senador Pedro Simon (PMDB). Uma indignação de resultados, mais uma vez. No caso, indignação com a estrondosa derrota que o governo Yeda Crusius (PSDB) sofreu na Assembléia Legislativa. Em um pronunciamento irado, feito sexta-feira, na tribuna do Senado, Simon qualificou de “trágico” o comportamento dos deputados gaúchos. A mesma ênfase na defesa do pacote de Yeda não apareceu, contudo, antes da votação do pacote. Simon participou de algumas reuniões da coordenação política do governo tucano, mas não fez nenhum pronunciamento público forte em defesa do aumento de impostos. Esperava que a proposta fosse aprovada sem que ele tivesse que gastar sua inflamada oratória para defendê-la publicamente (e arcar com o devido desgaste). Em Brasília, Simon fazia discursos contra a CPMF, mas ausentou-se quando o tema foi à votação. Em Porto Alegre, articulava em defesa do aumento de impostos, sem se expor publicamente.
Leia na íntegra http://rsurgente.zip.net
................................................................................................................................................................
Mas será que está bom mesmo, Senador?

16 de nov de 2007

Naufraga a nau dos ensandecidos!


Tudo começou mal no governo Yeda Rorato Crusius. Começou mal desde a campanha dissimulada capitaneada pala mídia local, especialmente o Grupo RBS; anti PT até a morte.
Rigotto era um mar de investimentos, segurança pública, saúde, educação, de gentilezas com estas beldades que são os formadores de opinião, e veio a eleição.
O que aconteceu? Venceu Yeda, ou Yoda, como insiste em me dizer o corretor ortográfico!

A população não poderia votar no PT por uma infinidade de razões...O PT mandou a Ford embora, o PT é amigo do Fidel e do Bové, do MST, mandou botar fogo no relógio da GLOBO, dos "comunistas e maconheiros" como eram acusados os integrantes dos FSMs, destruiu a auto-estima das polícias, queria acabar com a escolinha da Brigada.

Venceu Yeda, e se instalou o atraso político, a arrogância e a dissimulação. Venceu a mentira de um projeto político inexistente! Venceu a armadilha de que não se aumentaria impostos, e estão aí os blogs e vídeos que não deixam mais a Governadora enganar!

O Pacto pelo Rio Grande? Mais uma enganação do Sr. César Buzatto! Mais uma artimanha política desta catrefa de políticos atrasados, que sujam os gramados onde pastam as vacas; aliás, gramados que serão substituídos por eucaliptos!

O que interessa é o poder. E Yeda e Fogaça são farinha do mesmo saco!

Alguém ouviu o Sr. Busatto, em entrevista ao SR.Lasier Martins, explicar o suposto envolvimento do Sr.Mauro Zacher(PDT), da Secretaria Municipal de Juventude de Porto Alegre, em irregularidades com verbas repassadas àquela secretaria pelo Governo Federal? Patético.
Um governo que faz uma coisa, e declara outra; sim, pois o que interessa aos articulistas políticos, empregados neste lixo des jornalecos locais e aos desavisados, são as declarações oficiosas!

Veja-se o que Yeda está fazendo com a FEPAM pela liberação à qualquer custo das plantações de eucalipto?

Venceu também, o caso Macalão e o DETRAN-RS, escandalosa falcatrua para financiamento eleitoral destes que os jornais locais chamam de gente de bem. Os jornais estão muito preocupados em não colocar o carro na frente aos bois, para não detonar os "amigos". Os jornais não estão muito preocupados em investigar para não delatar toda essa catrefa!

E Yeda ainda diz que : "haverá cortes, sim, e haverá dor." E é vingativa, agora?
Se há alguém traído nessa história, são os eleitores da Governadora. Traídos por ela própria, pelos jornais desinformativos, pela incapacidade de avaliação do candidato pela sua história, não se deixando enganar pelas estórias e os rasgados elogios, declamados em versos pelos jornais que representam a oligarquia mais dissimulada deste país.

Este é o lamentável desfecho de um governicho, eleito por um povo que se diz politizado, mas acredita em Zero Hora. É de rir para não chorar.

Muito "expertos"...


Ontem fui ao cais do porto, ver mais uma vez a 6a. Bienal do Mercosul. A pior delas. Que me desculpem os que gostaram, mas uma coisa horrorosa! Para não dizer, que a mesma não devesse ser jogada na boca de um vulcão em plena atividade, tres instalações salvaram o evento:
Uma dos cordões, a primeira que vi, em seguida outra de uma grande maquete com bonecos e finalmente uma de fotografias. Uma sala forrada com fotografias, resultado de guerras: a morte e deformações genéticas que me fizeram interromper o passeio pela sala, às lágrimas. Impossível ficar indiferente.
Mas a obra-prima, foi a lasquinha que a RBS tirou do evento: além de ocupar a Usina do Gasômetro após a Record ter feito uma campanha para a pintura daquele espaço, usou a sinalização da Bienal como se a exposição NO AR, dos 50 Anos do Grupo RBS, fosse uma obra da Bienal. Para quem conhece a metodologia da RBS, isso não espanta mais. O que espanta é a pasmaceira da população local, diante de mais essa vigarice.

14 de nov de 2007

De Eugênio Neves

Porque de tanta discussão sobre a CPMF!


Por que ela afeta prioritáriamente os sonegadores e as "lavanderias de dinheiro"! Todo sonegador é mortalmente contra a CPMF, pois suas falcatruas serão rastreadas.
Toda movimentações acima de R$ 10.000,00 gera um relatório extra ao Banco Central; porém, toda transação bançária de qualquer valor gera uma taxação de 0,38%, mesmo que esta seja de R$1,00. Junto com esta taxação, toda documentação para a comprovação é arquivada, ou seja, se o dinheiro é movimentado em bancos, deixará um rastro!
A CPMF é um imposto anti-sonegador, anti-lavagem de dinheiro.
Imagino que a turma do DETRAN_RS seja contra a CPMF!
DINHEIRO EM MALAS NÃO PAGA CPMF!
Os formadores de opinião, tipo Lasier Martins, Políbio Braga, Diego Casagrande, ..., et caterva, são contra a CPMF. São contra porque o PT era contra e agora como governo, é a favor. Eles, éticos que são, estão preocupados em fazer o PT cumprir suas promessas. Estão se lixando em fazer Yeda Crusius cumprir as suas, como jornalistas que lamentavelmente são.
Se Lasier Martins é contra a CPMF, é um bom indício que algo de bom a CPMF tenha. Portanto sou favorável! Mil vivas à CPMF
Leia http://agente65.blogspot.com/2007/11/no-rim.html#links

12 de nov de 2007

DETRAN-RS em defesa da vida!


O cartum de Eugênio Neves é matador.
A mídia local está cheia de dedos em relação aos escândalos do DETRAN-GATE e MACALÃO-GATE, mas final quem, inventou a corrupção no Brasil não foi o PT?
Hoje um incêndio no DETRAN-ALEGRETE; por que será que nada mais me surpreende nesta turma que assumiu o controle do Governo do Estado? E eles nem ficam corados!

9 de nov de 2007

CHINELAGEM CULTURAL NA CÂMARA DE DEPUTADOS


O presidente da Câmara de Deputados, Arlindo Chinaglia (PT_SP), acabou com a exposição do Fotógrafo Luiz Garrido, motivada pela foto de Rogéria mostrada acima. Nota zero ao deputado que entende muito pouco de arte e ou de comunicação. Chinaglia foi um dos que festejou na Câmara Federal os 50 anos do Grupo RBS:

"Este é um reconhecimento à expressiva trajetória da RBS, um grupo de comunicação multiregional cujos méritos eu destaco, em especial o compromisso com o público, com a liberdade de expressão e com a independência de opinião".

Sabe tudo essa criatura!

Chinaglia faz parte do grupo que eu denomino: a turma do chá( de cogumelos). Dizer isso da RBS, só por puxa-saquismo ou por efeito de alucinógenos. Acredito que a RBS tenha servido naquele dia, chá de cogumelo alucinógeno aos deputados.

A turma do chá:

Manuela D'Ávila (PC do B-RS) , Beto Albuquerque (PSB-RS) , Luciana Genro (PSOL-RS), Maria do Rosário (PT-RS), Fernando Gabeira(PV-RJ), Arlindo Chináglia(PT-SP), entre outros.

Em Maria do Rosário, já votei - nunca mais!

Nesta altura de minha vida, já estou quase convencido da existência do Coelinho da Páscoa!

O magrão da esquina, que lê todo tipo de jornal, disse: pô essa turma alucinou geral! Cogumelo legal esse que a RBS usou!

A corrupção é recorrente. Cabe sempre perguntar:


Onde andará o deputado Vieira da Cunha, do PDT, este especialista em segurança pública? Gostaríamos de ter sua opinião sobre essa putaria que campeia o estado, Deputado!

Amanhã manifestação diante da GLOBO de São Paulo


No próximo sábado o Movimento dos Sem-Mídia faz sua segunda manifestação, às 10 da manhã, diante da TV Globo de São Paulo. Além de debater estratégias de atuação, vamos acolher aqui idéias e sugestões para o MSM. E pedimos aos sivuqueiros que ajudem a fazer a divulgação do evento: por mais informação, por informação de melhor qualidade, por informação que priorize o interesse público, pelo bom uso das concessões públicas de rádio e televisão. Lembre-se que a TV Globo é um partido político com filiados em todo o país: José Sarney no Maranhão e os herdeiros de ACM na Bahia - dentre muitos outros. Portanto, a cobrança se estende a todas as capitanias hereditárias.
http://www.sivuca.com/todo-apoio-ao-msm
http://edu.guim.blog.uol.com.br/

8 de nov de 2007

Yes, nos também temos bananas!

A imprensa sul-mampitubense, mitificadora que é e associada às oligarquias em especial ruralista, construiu ao longo dos anos a imagem de um Rio Grande politizado, de gente heróica, honesta, ética, trabalhadora, e um rosário tão longo de adjetivos que me sonam absolutamente enjoativos. Depreciava-se os estados do Norte e Nordeste do Brasil.
Folgo em saber que temos canalhas, sim! Tem,os ladrões, sim. Temos mensalão, sim! Temos picaretas, sim! Temos pilantras, sim! E temos, acima de tudo, os formadores de opinião, editorialistas e donos de jornais mais mentirosos e patifes do Brasil. E eles tem coragem de falar de Alagoas e Renan Calheiros!
Não é necessário atravessarmos o Mampituba para encontrar esse tipo de gente. A imprensa local, sempre fez vistas grossas pois sempre levou vantagem.
A imprensa é vendedora de crises, no sentido inverso! Ou o governo libera polpudas verbas publicitárias, ou ela passa a praticar um jornalismo honesto, o verdadeiro Jornalismo com J maiúsculo; e não venda de informação tendenciosa - a desinformação. E é assim que os jornais trabalham; de maneira velhaca, tendenciosa, parcial, dissimulada e mentirosa.

A imprensa é tão "apressada" em prestar "boa informação", mas de maneira seletiva que atropela todas as regras do jornalismo. Quando o meliante é do tipo branco, freqüênta altas rodas, figura nas colunas sociais, a reação dos formadores de opinião é uma, tipo figurão, coitadinho, não merecia ser algemado diante das câmeras de TV; agora se a criatura é negro, mora numa vila, ou é militante do PT, tá fudido. Se não for culpado, será incriminado. O desgraçado não terá chance de salvação.
O episódio da CPI de Segurança Pública, no final do governo Olívio Dutra está documentado e não me deixa mentir.
Mas o que mais impressiona, neste festival de malas de dinheiro no caso DETRAN-RS, é que o dinheiro foi roubado diretamente dos cidadãos. Nem o "PAPAGAIO"imaginaria algo tão perfeito.
E pior, nós que não votamos nessa gente a que parece que este dinheiro se destinou, contribuimos à nossa revelia pela sua candidatura. Mas onde andam os Tribunais Eleitorais? Quarenta Milhões não é pouco dinheiro, que não deve ter circulado em bancos, caso contrário a CPMF teria rastreado. É por isso que querem, assim tão raivosamente, acabar co a CPMF?

Pergunta que não quer calar: Como é que a Governadora Yeda Crusius conseguiu saldar suas dívidas de campanha, já que quase no final do processo eleitoral, o marqueteiro abandonou por falta de pagamento? Lembram disso?
Seria muito bom o Sr.Giovani Grisotti da RBS, praticar um jornalismo investigativo básico, nessa história toda!

~o0O0o~
Mas a pérola de todas as pérolas é do Sr Políbio Braga, que rima com praga:
Devassa no Detran-RS envolve PP, PMDB, PSDB, PDT e PT
08.11.07 | 08:29
Foram parar na cadeia, por conta da Operação Rodin (devassa no Detran do RS), algumas cabeças coroadas de vários Partidos do RS. O RS perde a aura de virgem lápida raptada pelo centauro. O PP foi o mais atingido, porque a Polícia Federal prendeu dois dirigentes partidários, no caso Flávio Vaz Neto, presidente do Detran, e Antonio Maciel, diretor da CEEE. Sobre os algemados e presos, sobrou para quase todo mundo:

PP – Flávio Vaz Neto e Antonio Maciel.
PSDB – Lair Ferst, um dos membros do comando da campanha da governadora Yeda Crusius.
PMDB – Hermínio Gomes Júnior, diretor do Detran.
PT – Embora não sendo do PT, mas do aliado PP, Carlos Ubiratan é diretor do Trensurb. Ele foi preso por sua gestão no Detran durante o governo Rigotto.
PDT – José Fernandes, ex-presidente da Caixa Estadual no governo Collares.


Nota do editor (Políbio Braga)– O PT é aliado carnal do PP no governo Lula. O sr. Ubiratan é diretor do Trensurb, do governo do PT, o mesmo Partido da cafetina Jeanne Mary Corner. Santa Maria , RS.
http://www.polibiobraga.com.br/

Tá bom ou querem mais? Nem engenharia genética salvará o a alma e o caráter do Sr.Políbio Braga!

7 de nov de 2007

Este blog tem galeria de fotos.

O "elemento" corrigiu a informação em seu blog.

E o Prêmio Fardo de Alfafa vai para...



"Informação e crítica sem meias palavras." É o lema do BLOG do Diego.
O melhor seria o jornalista retirar de seu lema o substantivo informação. Seria honesto.
Esta criatura disponibilizou em seu blog, que :
"06/11/2007 | 16:00
Presidente da Coperves é afastado
Dario Trevisan foi afastado do cargo de presidente da COPERVES (Comissão Permanente de Vestibular) da UFRGS, instituição ligada à Fatec (Faculdade de Apoio à Ciência e Tecnologia). A razão do afastamento não foi divulgada. Jorge Cunha vai substituí-lo."

Para um jornalista que diz:
"... trabalhou na Zero Hora, RBS TV, TVCOM e Rádio Gaúcha, todas do grupo RBS (afiliada Rede Globo). Também atuou na Rede Pampa de Comunicação."
Parece-me que este currículo soa como demérito.

COPERVES é a Comissão que organiza o vestibular da UFSM. As informações devem ser corretas. Das opiniões dispensa-se precisão, lógica, ética jornalística e coerência; apenas o comprometimento político-ideológico. Acredita quem quer. Este é o papel do Sr. Diego Casagrande. Formador de opinião.
Diego Casagrande é um dos tantos jornalistas que representam os interesses da direita do RS.
Assim como o jornal do PRBS, onde essa criatura já trabalhou; é um jornal eminentemente opinativo, e trata a informação como mercadoria e objeto de troca.
Lamentável, também, que se utilizem instituições públicas para chancelar o roubo.

Como provavelmente o Blog será corrigido, fiz uma imagem instantânea, que disponibilizo abaixo.


30 de out de 2007

Silêncio nos jornalecos sobre Macalão !


Do Blog do Marco Weissheimer...
Os jornais Zero Hora e Correio do Povo vêm utilizando um curioso critério para a publicação de nomes citados pelo ex-diretor de Serviços Administrativos da Assembléia Legislativa, Ubirajara Macalão, como envolvidos no esquema da fraude dos selos. Logo no início do escândalo, quando Macalão citou o suposto envolvimento de ex-deputados petistas, os nomes dos mesmos foram publicados, inclusive com quadros ilustrativos. Agora, reina o silêncio em torno do nome dos novos acusados. Ontem, Macalão prestou um depoimento de quatro horas na 6ª Delegacia da Polícia Civil, de Porto Alegre, quando entregou um CD com fotos, gravações e documentos sobre o caso. Segundo ele, esse material comprovaria a entrega de 120 mil a 130 mil selos a três deputados estaduais e de mais de 2 milhões de selos a um ex-vereador da capital (já falecido) para uso em campanhas eleitorais. Até aí, os jornais publicaram, sem citar os nomes, porém.
Leia na íntegra no RS URGENTE
~o0O0o~

Tem gato na tuba, ou como diria o arauto da ética, moral e bons costumes, Lasier Martins, "têm figurão"na tuba de tal modo que a mídia comprometida jamais vai divulgar. Se fossem do PT, seus nomes já estariam até em cu de cachorro!


Nem tudo está perdido!

10 Recados aos Cretinos Repassadores de E-Mail's
1) Sabe aqueles powerpoints de liçoes de fé, de crianças vestidas de bichinho, de mensagens positivas e de auto-ajuda? Pois é, eu odeio aquilo. Na verdade, quem de fato precisa do ' fundo de verdade' daquelas mensagens é quem envia, não quem recebe. A gente só manda para os outros a carapuça que nos serve. Resumindo: não me envie isso, eu não gosto de powerpoints. Eu odeio powerpoints, com todas as minhas forças.

2) Você conhece o You tube? Pois é, hospede seus vídeos lá e me mande apenas o link. Visitarei se quiser. Sabe, é chato lotar a caixa postal dos outros com vídeos de 35 mb com seu filho assoando o nariz ou sentado no penico dando tchau. Isso só interessa a você e sua família e pessoas muuuuito próximas. Seus amigos não estão interessados se seu filho aprendeu a cagar no penico, creia-me.

3) Sabe os e-mails da moda? Não se preocupe em repassá-los. Tenha certeza que eu já os recebi vinte vezes.

4) Sabe as fotos de sua viagem ao exterior? As SETENTA fotos que tirou na câmera digital e foi burro o suficente para salvar em formato *.bmp todinhas? Eu realmente não me interesso por elas. Principalmente se cada uma tiver 1 Mb de tamanho e for de você em todas as poses e posições possíveis. Guarde-as em um arquivo no fundo do HD, não envie. Ninguém quer ver!

5) Ah, as poesias musicadas, que não se enquadram no estipo '"powerpoint de ser". Simplesmente ABOMINO essa merda que vem no corpo de uma mensagem do Outlook, principalmente quando acompanhada de uma midi tenebrosa que parece com uma música tocada por uma sanfona debaixo d'água. Sinceramente? Ninguém curte essa bosta e ainda te dá pinta de corno/viado/broxa/encalhada por curtir essa droga. Não me repasse isso!!!

6) Falando em Outlook, sabe aquelas merdas de pano de fundo cheio de frescuras que vc envia? Tipo coraçõezinhos alados e brilhantes, num fundo preto ofuscante? Aquela porra pesa no envio e atrapalha a leitura. E te dá pinta de infantilóide e babaca. Não me repasse esse lixo.

7) ODEIO VISCERALMENTE gifs. De toda sorte. E emoticons daqueles amarelos redondos com bracinhos grotescos. Não mande aquela porra no corpo da mensagem do Outlook nem instale aquela bosta de programa gerador-de-emoticons-com-bracinhos-grotescos. Você pode me mandar emoticons vadios fazendo sacanagem que eu vou amar, mas não mande um emoticon com bracinhos grotescos e chapeuzinho dançando, imitando Fred Astaire. Eu vou te enviar pensamentos ruins se vc me mandar isso. E desejar a sua morte.

8) CORRENTES. Se não for nada zoando, não me repasse. Se não for uma merda fake para me fazer rir, não me repasse. Senão eu vou te reenviar essa bosta tunada e musicada num arquivo powerpoint de 50 mb para você aprender a não acreditar nessa merda. Estou cagando e andando se fulana tem uma doença de nome impronunciável e/ou incurável. E vc é bem trouxa se crê nisso. Estou avisando!!!

9) Quer agradar? Mande coisas leves, que sirvam para dar risada. Tipo fotos de desgraça dos outros, links para vídeos ( veja bem.. eu dise LINKS) de desgraça alheia e coisas do gênero. Todo mundo gosta de rir do azar e da tosquice dos outros. Mande isso e vai acertar sempre. Mas mande esporadicamente... que ninguém tem o seu tempo livre para ficar vendo-emails all night long.

10) Regra de Ouro: Você conhece Cópia Oculta? Pois então.. ninguém está interessado em saber da sua lista enooooooooorme de contatos de e-mail no corpo da mensagem. Estou esfregando a bunda na guia de ódio por vc ser 'popular'. Tenha consciência e envie reservado para todos. Além de fazer de você um Robert da vida ainda expõe o e-mail de outras pessoas à vista de todos sem se preocupar se essa pessoa QUER que seu e-mail seja público. Seja razoável e use o recurso ocultar. A plebe ignota agradece.

29 de out de 2007

O governo falsificativo de Fogaça e Eliseu Santos!


Não há uma saída pelas ruas da capital, Porto Alegre, que não se depare com o paradoxo de um governo que está longe de sua proposta de campanha: "fica o que está bom e muda o que deve ser mudado". Só Pedro Simon, o senador robótico, para crer nesta piada.
A cidade está virada em buraco, lixo, escuridão e insegura. Eliseu Santos, este especialista em saúde pública, é uma falácia; a saúde está caótica. Educação, é outra piada de mau gosto.
Mas fogaça aparece em evento onde Porto Alegre recebe o título de Amigo da Amazônia! Ótimo. Eu sou amigo da amazônia e não recebí título algum.
Mas quando será que Fogaça será amigo de Porto alegre?
Já segurança pública é coisa de bruxaria, não é mesmo!
~o0O0o~
A fotografia acima foi feita em um sábado chuvoso pela manhã. E segundo um morador da rua, estava ali há dois dias.

24 de out de 2007

Porto Alegre é demais!

Deu no Blogoleone: http://blogoleone.blogspot.com/
O texto abaixo não é ficção. Deploravelmente, estupidamente, assustadoramente aconteceu (*)
1.Sexta-feira, 12 de outubro de 2007, 9 horas da noite. Parada de ônibus em frente ao Shopping Praia de Belas. A mulher ergue a mão. O táxi-lotação pára.
- Moço, passa na Cavalhada?
- Passa.
A mulher entra. Junta-se a duas outras que já estavam no veículo.
Nova parada. Sobe um jovem de tênis, bermuda, abrigo, a cabeça coberta por um capuz, as mãos nos bolsos. Senta no último banco.
A mulher se assusta. “É assaltante. Vai assaltar”.
Ela está certa.
O rapaz levanta. Vai até o motorista. Exibe o revólver calibre 38. Anuncia:
- Não quero machucar ninguém. Só quero dinheiro, celular e relógios. Vamos lá, rápido.
Pega o dinheiro e o relógio do motorista.
A mulher, à beira de um ataque de nervos, abre a bolsa em busca da carteira para atender a ordem do meliante. Na pressa, o celular cai. O bandido vê.
- Filha da puta! Querendo esconder o celular, sua vaca! Vou te fuder!, diz furioso.
Encosta o cano do revólver na cabeça da mulher. Ela treme. “Vou morrer, ele vai me matar”.
- Calma moço, calma – implora. Caiu sem querer. Toma, pode levar tudo.
Ele leva as bolsas das três mulheres. Desce e sobe na garupa de uma das duas motos que acompanhavam o lotação. O chofer ainda pede:
- Pô, cara, devolve os documentos.
As mulheres declinam a gentileza:
- Deixa pra lá. Fecha a porta e toca esta merda!
***
2.Bairro Cristal, 35ª Delegacia de Polícia.
A porta está fechada. O chofer bate com os punhos fechados, esmurra, grita pedindo a presença de alguém. Abre-se uma fresta. Um policial com cara de poucos amigos pergunta:
- O que é?
- Fomos assaltadas. Queremos prestar queixa, diz a mulher.
Entram. O homem da lei diz que precisam esperar um pouco, pois está jantando. Há movimento nos fundos do prédio. Risos, vozes.
- Não. Estamos muito nervosas, queremos fazer a ocorrência e ir logo para a casa, diz a mulher.
O homem emite um muxoxo e sai.
- Já volto.
Retorna com um copo plástico cheio cerveja numa das mãos. Na outra um prato com salada de maionese, salsichão e um naco de costela gorda.
Enquanto registra a queixa, chega um homem vindo da rua.
- E aí Peçanha, tudo bem?
- E aí, Waltinho? Chega lá nos fundos, o pessoal tá fazendo churrasco.
- Opa, legal. Quem tá aí?
- A turma toda. As gurias também vieram, a Rose, a Lu, a Martinha...
- Beleza. Tu vai demorar?
- Não. Já tô terminando aqui.
Concluída a tarefa, entre uma garfada, um gole de cerveja e uma batucada no teclado do computador, o servidor público dá uma cópia do Boletim de Ocorrência para cada uma das mulheres:
- Na próxima vez em que saírem à noite andem de táxi. É mais caro, mas é mais seguro - aconselha o servidor público pago para servir e proteger a sociedade.
Displicente, deixa claro que nada será feito para tentar prender o bandido e reaver os pertences roubados.
Nesta noite, pelo menos, não. É noite de festa.
***
(*) Ah, sim, não saiu no jornal.
Afinal, "a dor da gente não sai no jornal" (Luis Reis / Haroldo Barbosa - Chico cantou, muito tempo depois).

23 de out de 2007

Da Ficha Corrida


Ficha Corrida de 171 ( Professor Cardoso) ( 1995- 2003)
Os escândalos de Fernando Henrique Cardoso, que a mídia não comenta.
http://www.fichacorrida.net/

O Eucalipto de sempre.


A Estrada Buarque de Macedo foi uma importante rota de tropeiros durante a colonização da região italiana e ligava a cidade de Vacaria à São João de Montenegro, passando por Bento Gonçalves (Dona Isabel), Garibaldi (Conde D'Eu) e por diversas outras localidades.
Foi construída por volta de 1880.
Hoje é denominada RS 470. Há 40 anos, era a rota que se percorria para ir de Garibaldi a Porto Alegre. De terra e quando chovia, os veículos tinham dificuldade ao retornar à serra! Uma aventura! Hoje é asfaltada de Carlos Barbosa à Montenegro.
No dia 13/10, fiz mais uma vez este trajeto e, qual minha surpresa?
A imensa quantidade Eucalipto, além da Acácia Negra, vai destruindo a cobertura vegetal dos morros e vales de maneira lamentável e silenciosa. A irresponsabilidade dos órgãos de meio ambiente que, hoje tudo permitem, terá um preço muito caro. Mais uma vez a comunidade socializará o prejuízo deste descaso.
Lamento que esta seja a imagem do desenvolvimento; a humanidade deverá rever seus conceitos!
“O eucalipto é uma planta de vida curta, derrubada a cada sete ou oito anos e transformada em celulosa, não é para ser observada como uma árvore, porque não tem uma infância, uma adolescência, uma maturidade e uma velhice. O eucalipto é um investimento financeiro que não tem nada a ver com arvores.” ( Eng. Agrônomo Sebastião Pinheiro)

A cara da cidade!


Um retrato da administração Fogaça e Eliseu Santos,
por Eugênio Neves.

22 de out de 2007

O filho oculto de FHC.


"Foi em abril de 2000 que a revista "Caros Amigos" publicou a reportagem. Sete anos se passaram. Hoje é um dia histórico para o Jornalismo brasileiro: pela primeira vez um órgão da grande mídia - a Folha - fala sobre a possível existência de uma filha (na verdade é um filho) do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fora do casamento..."
Leia na íntegra no Vi o mindo - o que você nunca pode ver na TV, de Luis Carlos Azenha.

A RBS despertando emoções!

18 de out de 2007

Ela sabe tudo de segurança, mas quem paga o pato somos nós!












Em dez meses de governo, Dona Yeda expõe contradições abissais em ralação ao seu plano de campanha. Os próximos três anos e dois meses deverão ser mais “emocionantes”, consideradas as falácias pregadas antes de sua eleição. De uma coisa já sabemos: Dona Yeda sabe tanto de “palavra de gaúcho” e de “vestimentas típicas”; quanto nós sobre a anatomia de um (uma) “plutoniano(a)”.
Ontem, dia 17 de outubro, foi exposto mais um resultado de seu novo jeito de governar: a crise na segurança pública, além das já “ internacionalmente” conhecidas do Judiciário, do meio-ambiente, com os professores, da saúde pública, etc.
Corta-se aumento de salário, verbas para os poderes, mas não as reformas no andar do Centro Administrativo, para onde a Governadora pretende mudar seu gabinete.
Yeda quer sair do “seu palácio”, talvez prevendo os inúmeros protestos que estão por vir!
Alguns já estão em um horizonte próximo: o fim da TVE, Procergs, Banrisul, etc...

Quanto à Segurança Pública, o RS está em mais uma enrascada: não importa que o Secretário Mallman seja bom ou não como um profissional da área; não adianta se colocar o melhor Secretário com ausência de recursos. Em vez da política de tolerância zero do Bacci, vemos a de “recurso zero” de Mallman, ou seria da própria Governadora??? É a famigerada política pega ratão – o mais com menos! Algumas pessoas na passeata comentavam que o Secretário estaria descontente com a absoluta falta de recursos da pasta de Segurança.

Durante a campanha eleitoral de 2002 e posteriormente 2006, todo tipo conversa fiada sobre as políticas de José Paulo Bisol na Segurança Pública, a auto-estima das polícias que o PT tinha comprometido, da Escolinha Tiradentes sob o comando da Brigada Militar, que Olívio Dutra tinha mandando a Ford embora, sobre a queima, por manifestantes, do relógio da Globo, da passagem do ano 2000 no Parque Harmonia , e tantas outras, tinham uma relevância suprema nos jornais locais, mascarando o que a Frente Popular havia conquistado. ZH foi soberba na desconstrução do governo de Olívio Dutra. O tempo e as escolhas eleitorais equivocadas pela população, acabam por demonstrar o quando despolitizado é o eleitor deste novo jeito de governar, que foi literalmente enrolado.

O lamentável é que morrem policiais sem preparação e infra-estrutura, e cidadãos diante de suas casas, vítimas do descaso deste novo jeito de fazer Segurança Pública.

Já ouvi dizer que isso é conversa de PTralha; então, pergunte ao seu corretor de seguros, porque o RS, em especial Porto Alegre, tem as tarifas de seguros mais caros do Brasil???
Pelas boas políticas de Germano Rigotto e Yeda Crusius é que não é!

16 de out de 2007

Yeda Malvadeza...


E pensar que faltam mais 1172 dias para o fim deste governo de Yeda que espero ser o último!
Mas de uma coisa tenho que admitir, de tédio, não morreremos!

A Governadora mentiu!


Esta semana, a Governadora Yeda Crusius em uma tentativa de desmentir o que havia prometido na campanha eleitoral, disse mais uma vez que "jamais eu disse que não aumentaria impostos"(sic).
O Secretário Estadual da Fazenda disse que a equipe sabia da situação das finanças muito antes de assumir o governo do estado.
A Governadora disse que não disse, mas antes mesmo de assumir, solicitou ao então Governador Germano Rigotto que enviasse o pedido de aumento.
Ou seja, temos um Alien aqui, um terceiro elemento, uma quinta dimensão, ou alguém está mentindo descaradamente!
Moral da história: se é que essa história tem algum moral, o processo eleitoral que levou à vitória de Yeda Rorato Crusius, foi uma fraude.
Se os politizados eleitores deste estado, tivessem olhado um pouco para o passado da Governadora, NÃO TERIAM VOTADO NA DOBRADINHA YEDA+FEIJÓ!
O YOUTUBE não deixa mentir!
~o0O0o~
>Chega a ser constrangedor, mas até os colunistas da tropa elite da extrema direita, dizem que a Governadora mentiu!
>Só para relembrar:

Definição de MENTIR

v.i. Afirmar aquilo que se sabe ser falso, ou negar o que se sabe ser verdadeiro: mentir vergonhosamente. / Enganar, iludir; ludibriar.

[http://www.kinghost.com.br/]

15 de out de 2007

Eu NÃO compro Zero Hora.



Ao mestre, com carinho...


Gostaria de, neste Dia do Professor, homenagear a todos professores na figura de Homero Carlos Simon, professor de Engenharia de Antenas 1 e 2, na PUC-RS.

O Prof. Homero era obcecado e visionário. Suas aulas eram um espetáculo de conhecimento tecnológico, de genialidade, de estímulo, cidadania e induzia ao estudo.

Ao final de cada aula, era cercado e continuava falando sobre o Crea, o Senge e contando sobre a implantação dos transmissores da Rádio Guaiba, as transmissões da Copa do Mundo de 1958 na Suécia, as transmissões da Campanha da legalidade nos porões do Palácio Piratini, sobre a transmissão de sinal de vídeo por cabo, a tranmissão do sinal do SPUTNIK em orbita da terra durante o correspondente Renner, e uma infinidade de outras aventuras. Isso tudo no final da década de 70.

A instalação da antena e dos transmissores da Rádio Guaiba por exemplo, foi ao contrário do que se fazia na década de 50, foi feita em um terreno alagadiço. A água duplica a potência útil do espectro de rf da antena. Várias histórias sobre suas idas, do cais central até a antena na Ilha da Pintada em meio à nablina, para testes e reparos.

Trecho da entrevista de Flávio Alcaraz Gomes ao portal de Comunicação da UNISINOS:
"Flávio- Vou lhes contar. Nós tínhamos, aqui, no Brasil, duas empresas de telefonia internacional, a Radiobrás e a Radional. E só havia cinco canais internacionais. Assim sendo, só cinco emissoras poderiam falar. E eram essas do Rio de Janeiro e de São Paulo. Eu tinha amigos na Suíça, tinha estudado na Europa. Eu dei o peitaço. Fui, nas asas da Pan Air, como canta Elis Regina, e consegui um circuito extra, fora dos outro cinco. Um fato inédito. Com a ajuda de um grande engenheiro, Homero Simon, ele fez uma antena rômica. Uma espécie de losango, apontada para Berna. E a antena, sabem aonde era? Aqui, no quintal da minha casa, no Morro de Santa Tereza. Então, o Homero fez o transmissor. Eu fui para a Suíça. Foi um “troço”. Quando entrei naquele prédio...“Rádio Guaíba, chamando Berna” me deu...(emociona-se)... me deu um acesso de choro. " >UNISINOS<

Trecho da entrevista de Amir Domingues à FAMECOS-PUC-RS

"AMIR – Eu tinha participado de uma cobertura eleitoral em 1954, na rádio Gaúcha. E naquela época eu fiquei muito intrigado com o fato de que a cobertura levou muito tempo, quinze, vinte dias de cobertura . Então, quando nós fomos para Guaíba, e eu tinha um cargo e dirigia o departamento na parte radiofônica , eu montei um projeto de cobertura das eleições , junto com o Homero Simon, que era um especialista em comunicação. A idéia era a seguinte: se todas as zonas eleitorais abrem simultaneamente as apurações, porque leva tanto tempo para se chegar à informação? Bom, conclusão: a dificuldade era nos meios de comunicação, que eram precaríssimos, não é. Então expliquei para o Homero: nós temos que achar um meio de fazer essa comunicação chegar aqui. A gente monta um sistema de cobertura, e faz a comunicação chegar aqui. E ele me sugeriu, vamos ver todos os circuitos disponíveis. Pegamos um mapa do Rio Grande do Sul, localizamos as zonas eleitorais, eram setenta e poucas na época, e vamos ver o que é que tem de comunicação. Companhia telefônica, não fecha tudo, Viação Férrea do Estado, tinha um serviço de rádio, tá; não sei mais o que; Corsan, enfim, nós montamos todo o circuito. E assim mesmo ficavam vazios alguns espaços. Ainda que se utilizassem todos os circuitos, ficavam alguns vazios. Aí ele disse: nós vamos botar três aparelhos de Single Side Band fechando a rosca. E aí tinha um outro problema. Se todo mundo se comunicasse para cá, congestionaria o sistema. Então, a idéia foi a seguinte. Era um “ ovo de colombo” , batia ele ficava de pé. Vamos inverter as comunicações e centralizar em dez regiões. Então, dez, doze municípios se comunicavam, digamos, com Santa Maria. Santa Maria com Porto Alegre. E assim nas principais regiões do Estado. Então, ao invés de receber setenta e tantas comunicações, recebíamos dez. E aí nós montamos um sistema de busca, de acompanhamento paralelo, e resumindo, para não estender muito a história, em 36 horas nós tínhamos o Brizola eleito, com conhecimento da votação do interior. E eu me lembro, na época, eu era correspondente também da rádio Nacional do Rio num programa que se chamava Traço de União, falava uma vez por semana de todas as capitais brasileiras , e eu estava também cobrindo as eleições no Rio Grande do Sul. Quando eu anunciei que o Brizola estava eleito, eram 36 horas de apuração, se tanto, um pouco menos, la´ no nordeste, por exemplo, o resto do sistema Brasileiro estava dentro daquele marasmo, e Porto Alegre tinha liquidado. Chamou atenção, evidentemente, o fato." >FAMECOS<

Homero Carlos Simon foi um grande engenheiro, sindicalista, cidadão e professor!
~o0O0o~
Homenageio os professores de ensino público, que sofrem o desmonte das escolas públicas de primeiro e segundo graus, pelo Governo Yeda (PSDB) e por diversas prefeituras, em especial a de Porto Alegre , Governo Fogaça (ex-PPS, agora no PMDB).
O ensino público só não está pior, por mérito se seus professores, verdadeiros heróis de uma causa sem fim que é a educação escolar e a construção de cidadãos, na contramão desta sociedade de lógica reversa, em que o capital vem antes do indivíduo.
Cada professor destas escolas, age como um Don Quixote contra o moinho do individualismo, do neoliberalismo, da exploração econômica e do preconceito, muitas vezes, pagando com seus próprios recursos, material para seus alunos.
É inacreditável.
~o0O0o~
Há rumores de que a Prefeitura de Porto Alegre inicia o mesmo processo executado pelo Governo de Germano Rigotto, eliminar as escolas de alunos portadores de necessidades especiais! É de rir para não chorar!


13 de out de 2007

Crianças, crianças, crianças



"Quantas crianças tem que morrer para um playboy fumar um baseado?" - reflexão (cinicamente irrespondível) do anti-herói de Tropa de Elite, Capitão Nascimento.


Veja o post, na íntegra no Diário Gauche no endereço : http://diariogauche.blogspot.com/2007/10/crianas-crianas-crianas-quantas-crianas.html#links

10 de out de 2007

Governo Fumaça....



...preservando direitos e ampliando conquistas!
Mas que cara de pau!
~o0O0o~
Para saber mais sobre preservação de direitos, no Governo Fumaça, leia no Blog do SIMPA

8 de out de 2007

Abaixo-assinado contra a privatização da TVE.


Caros amigos e amigas: participe da campanha contra a privatização da TVE/FM Cultura pela Governadora Yeda Crusius, via parceria público-privada com OSCIP. Subescreva o abaixo-assinado e envie este post aos seus contatos: