29 de fev de 2008

A população, que se lixe!


Na noite de abertura da Festa Nacional da Uva (quinta-feira), em Caxias do Sul, houve uma briga generalizada próxima ao Parque de Diversões do evento.

Uma pessoa acabou morrendo, esfaqueada, no local. No Jornal do Almoço do dia seguinte (lembrando que no dia anterior, um Jornal do Almoço foi apresentado direto dos pavilhões onde está acontecendo a festa), apenas uma nota, perdida no meio do jornal foi apresentada.

Nem o nome da vítima constou nesta nota. No RBS Notícias, então, mesmo no bloco local de Caxias do Sul, não houve sequer uma citação.

Isso fica claro devido à “verba” que a RBS ganhou da Festa da Uva, para ser um dos canais “oficiais” do evento. Tem inclusive chamadas, anúncios e spots em seus veículos de comunicação. Como no dia anterior, havia feito um convite ao evento, para as famílias da região participar, como iria desautorizá-lo (o evento) com uma notícia tão nefasta?

Algumas coisas que precisam ser vistas, pela segurança de quem visita a Festa da Uva: há uma revista para prevenir que pessoas más intencionadas entrem no local portando armas, como a faca usada no assassinato. E a segurança, diante de uma briga generalizada, será eficaz para proteger quem está visitando os pavilhões? Após o ocorrido, algo foi feito para melhorar a segurança no local?

São questões que deveriam ter sido levantadas por todos os veículos de comunicação, pelo bem do leitor e do “consumidor” da Festa da Uva. A RBS, pela sua abrangência poderia ter liderado este questionamento. Preferiu calar e encher seus cofres com dinheiro provindo da Festa da Uva (que paga pelo espaço que a RBS destina em sua programação de TV, rádio, jornais e internet).

Dinheiro este pago também pelo homem assassinado, que depositou R$ 8,00 para entrar nos pavilhões (preço do ingresso na festa). Isto se a imprensa realmente estivesse interessada em bem informar. Mas sabemos que não é assim que funciona.

Se a RBS tiver que esconder um cadáver para que não venha correr riscos em seus interesses comerciais, não temos dúvida nenhuma. Não se pode dizer que não deu a notícia, mas não era conveniente repercutir e nem tocar no assunto Segurança Pública, que já passou dos limites do bom senso.

O evento gera um importante fluxo de pessoas e é impossível não envolver os órgãos de Segurança Pública, com um déficit de mais de dez mil homens.

Esta é a responsabilidade social dos manuais da RBS e dos demais meios de comunicação social; todos são cúmplices do mau jornalismo e desinformação seletiva!

Assim age a imprensa, enquanto estiver sendo paga pra isso.

E assim agem a Pref. de Caxias do Sul e o Governo do Estado, fingindo que o assunto não é com eles.

28 de fev de 2008

A imprensa deforma a informação!


Anônimo disse...
Bem, zerofora, correiofora e tudo fora...

.....................................................
Bem, caríssimo anônimo, estás coberto de razão. Aqui no RS, um estado de vacas (e mulas), de eleitores que se gabam por ser politizada, de população que acha que aqui não tem corrupção e infestado de eucaliptos, temos o PIOR JORNALISMO do país.
Todos grandes jornais estão comprometidos com as corporações, as oligarquias reinantes e os governos de direita. Os jornalecos precisam de favores do estado para sua sobrevivência. Agem como panfletos partidários, não informando sua preferência aos seus leitores.
O jornalismo é fraudado em todos os níveis. Mas mentira tem perna curta e rapidamente é desmascarada. Mas a pior transgressão da imprensa é a omissão de fatos. Fatos relevantes que não são divulgados por razões corporativas ou políticas.
Todos eles agem assim. Mas Zero Hora é o mais eficiente. É o mais pé rapado em termos jornalístico. É o melhor exemplo de anti-jornalismo.
Assino Correio do Povo que não é um jornal isento e a “credibilidade” é um dos mitos criados pelo próprio Correio. Mas é o jornal que ocupa pouco espaço para enganar os leitores, e o utilizo para listar tópicos e ler sobre os assuntos na internet. Produz também o número necessário de folhas como resíduo que utilizo pra embrulhar coco de gato, entre outras coisas. Acho que isso é razoável e suficiente.
A Zero Hora já cancelei faz 5 anos. O setor de assinaturas já ligou 16 vezes pra tentar que eu reveja meus conceitos. Nem FUDENDO! As argumentações são as mais inacreditáveis possíveis. Na primeira tentativa, o argumento das “colaboradoras” do seu Nelson, diziam que a RBS tinha demitido o José Barrionuevo, depois foi a vez do energúmeno Mendelski, a vez da tal consultoria da UFRGS, e vão inventando estórinha pra enganar trouxa. Hoje as “colaboradoras” do seu Nelson estão mais preparadas e fazem até argumentações ideológicas. A mim eles não enganam nunca mais. O dia que o setor de assinaturas me comunicar que demitiram TODA direção daquele jornaleco, inclusive o ser de maior “inteligência genética” já visto na face da terra, Marcelo Rech, prometo estudar o assunto.
Mas estou a fim de chutar a balde, também, do Correio do Povo. Veja só, um jornal que contrata esse energúmeno do Rogério Mendelski e fala em credibilidade, é lasca! Tem um tal de Edir Macedo que escreva vez por outra na página 4-OPINIÃO, assina e não diz a que veio. Não se sabe se é dono de boteco, jornalista, padre, professor, produtor rural, médico dono de zona de meretrício, de boate gay, em fim quem é essa criatura? Esse é o tipo de jornal que se pratica no Brasil e especialmente por aqui.
Formar opinião simplesmente lendo jornais, hoje, é impossível. Os jornais devem ser continuamente desmascarados. E isso você vera nos blogs independentes. Esqueça o blog de Rosane de Oliveira et caterva!

*Em tempo: -Você sabia que na abertura da Festa da Uva, houve uma briga generalizada com um morto (esfaqueado)? E foi no parquinho de diversões?Quem está em parceria com a festa? A RBS!
Essa é a tal "sensação de segurança" que a imprensa oligarquica tenta nos vender.
Vou escrever sobre isso!

As Cachorras da Mídia!



Um vídeo muito didático!

Pasolini já sabia das coisas!

A CARAPUÇA na Serra!




A RBS anda pela Festa da Uva em Caxias do Sul, com um estúdio e realizando o que mais sabe fazer, vendendo espaços publicitários e brigando com a notícia! Pois estamos na Serra de férias e barbarizando. A cara de cu de algumas pessoas ao ler os adesivos, NÃO TEM PREÇO!

26 de fev de 2008

Psssssssssssiu Exma.Governadora!

Foto de ZH 26/02
Não está faltando o 171?

Quem imaginaria!


Dragostea Din Tei em Vietnamita, e existe em Mandarim!
Tudo funciona como o imaginado. A internet tem vida própria, mas é monitorada pelos computadores catalogadores de IPs, com sede nos EUA. eles apontam onde fica tal endereço www. O caos é organizado, mas controlado e monitorado pelo império! A grande batalha internacional será tornar o controle dos IPs, internacional.
Os "gringos" não suportam democracia demais!
Só falta derrubar o império. Internet livre é democracia!
Havará os que podem dizer, - mas pode ser usada para o mal!
Pode-se matar alguém com uma tijolada, e nem por isso a fabricação de tijólos deve ser controlada!

25 de fev de 2008

Uma guerra ideológica travada todos os dias!


Segunda-feira, dia 18/02, fui abordado em uma sinaleira em Porto Alegre por um motorista que leu o adesivo do carro–“Eu não compro Zero Hora” e que eventualmente é acrescido por “RBS/ZH MENTEM”, nas festividades.

A criatura perguntou se Zero Hora, referindo-se aquele jornaleco da Azenha, como bem definido no Blog do Marcelo no La Vieja Bruja, “era assim tão ruim”! E respondi que “era um lixo de jornal e mais precisamente uma bosta!”

Incontido, o elemento informou que era assinante de tal jornaleco e me perguntou o que achava disso. Prontamente respondi:

“Cada um coloca na sua cabeça o que melhor lhe counvier.”

Daí em diante a conversa descambou pra baixaria e só não ofendi a mãe os avós do corno, que saiu praguejando e queimando pneu.

Acresci em alguns graus a temperatura da fogueira que arderá em em meu purgatório, mas espero ter encurtado em um dia o tempo de espera em que aquele canalha seja acometido de um infarto fulminante.

Terá valido à pena!

21 de fev de 2008

Faltou óleo de peroba!


Foto: Correio do Povo-17/02/2008

Realizou-se em Porto Alegre de 13 a 16 de fevereiro de 2008, a Conferência Mundial sobre o Desenvolvimento das Cidades. Um evento internacional promovido pela Prefeitura de Porto Alegre, Comune di Roma, Governo do Estado do RS e Ministério das Cidades.

Nunca é demais lembrar que durante a campanha do Prefeito Fogaça foi declamado em prosa e verso que “ficaria o que estava bom e mudaria o que estava mal”.

Pois 3 anos se passaram e a constatação salta aos olhos, a demostração de que as promessas de campanha não passavam de pura retórica de um grupelho que demonstrou não ter vergonha na cara, com a total complacência da mídia sul-mampitubense. Os porto-alegrenses foram enganados e que não se iludam; o caminho para mais uma empulhação eleitoral já se encontra pavimentado nos jornalecos locais. Em todos eles!

Esta prefeitura, que teve que engolir o OP, tratou de torná-lo um morto-vivo. As políticas públicas desta turma, são percebida diariamente pelos porto-alegrenses.

Como os moradores de rua e crianças nas esquinas.

No lixo espalhado pelas ruas –e lembramos que a Rua Padre Chagas, na região do "Vale do Silicone" é apenas uma das milhares de ruas de porto Alegre! E nas demais?

As praças? Ahhhhhh, as praças de Porto Alegre não se resumem no Parcão! Dez entre dez deformadores de opinião circulam por aí!

E iluminação pública, nem se fala! Estão roubando fios e lâmpadas? Quem não tem competência, que não se estabeleça!

A prefeitura alega que em trinta e poucas ruas, o asfalto foi “revitalizado” como dizem! Filhos, tapar buraco tem que ser feito TODOS OS DIAS, caralho! Quase três anos na moita arrumando as “contas”(de quem?) para só então começar a fazer alguma coisa pelas ruas.


O "Conduto Álvaro Chaves" levou mais de 3 anos e se imaginava "quase" pronto. Qual a surpresa? Vários pontos em locais que já haviam terminado, foram reabertos! Bah! Se coisa do fosse o PT?

E a imprensa? Com boca de siri!

Mas o que importa são os relatórios oficiais, os discursos, pois as desgraças e os erros são do LULA ou do governo anterior, como bem sabemos.

A cara de pau Sr. Cezar Busatto em seu discurso no encerramento da Conferência Mundial sobre o Desenvolvimento das Cidades, enoja. Não se sabe se as lágrimas de crocodilo emanadas pelo empulhador-mor da direita local foram de cinismo, remorso ou inveja por não ter sido ele quem implantou o OP em Porto Alegre, como uma real ferramenta da cidadania local, já que tanto diziam , o OP ser o "Orçamento Falsificativo"!

Busatto é o arquiteto de mecanismos pré eleitorais, como o “Pacto pelo Rio Grande”, que arrastou inclusive o PT, mesmo sabendo que era pura firula!

Cumprida sua tarefa no governo Fogaça, “a cara da cidade”, este coringa se desloca para o governo Yeda, o “novo jeito de governar”.

Mas nada como uma boa verba publicitária em jornal, para calar a boca de jornalistas “deformadores de opinião” !

Espero que a população porto-alegrense desperte de tanto levar na cabeça!

18 de fev de 2008

DETRAN-RS, uma falcatrua de mais de R$40.000.000,00

O Deputado Adilson Troca disse que a Polícia Federal está conduzindo competentemente as investigações. Então porque a CPI, cara pálida? São quarenta milhões; mais que o mensalão.
Parece que está criada a tropa de choque para defender os mentores da picaretagem!

11 de fev de 2008

Sobre a liberdade!

Do blog do Emir Sader

É o Estado, estúpido!


O clima político brasileiro continua agitado, com a reiteração das polarizações produzidas desde as denúncias de 2005 sobre o que a imprensa convencionou chamar de “mensalão”. De um lado, os partidos de oposição, com seu núcleo coesionador – PSDB e DEM – acompanhados de partidos aliados, como o PPS e tendo no bloco monopolista da grande mídia privada seu carro-chefe -, de outro o governo e expressões da mídia alternativa.
Leia na íntegra no Blog do Emir

A transposição do São Francisco.


Foto de Walter Karwatzki
O problema me parece não ser a transposição, mas a REVITALIZAÇÃO, que deveria ser o início. Como sempre, os interesses políticos ficam no primeiro plano. Não só o Governo Federal está equivocado, mas também o foco da greve de fome do “vescovo”dom Luiz Flávio Cappio, andam de cabeça para baixo; alias como é bem característico de nosso país!
O Rio São Francisco está sendo assoreado, como todos os rios do Brasil, pela atividade agrícola feita de modo predatório, a mineração e o desmatamento irresponsável. Não consideram o custo ambiental, que será pago pelos governos, ou seja, nós!
No Carnaval de 2003, estive em Diamantina (MG) e passei pelo Rio das Velhas, aquele mesmo das “ENTRADAS E BANDEIRAS”. Completamente assoreado e hoje se pode atravessar à pé!
E assim caminhamos, pelo teto e as futuras gerações é pagarão por isso!

Comentário no blog Palanque do Backão

8 de fev de 2008

Ouvidoria do DETRAN-RS responde!


Sr. xxxxx

Informamos que, até a presente data, não foi constatado fraude nos processos de habilitação e renovação. Portanto sua CNH continua com validade.
Assina
atendimento-ouvidoria@detran.rs.gov.br