18 de mai de 2008

Isto é um artista plástico ou um filho da puta?

Guillermo Vargas Jiménez, conhecido como Habacuc, nasceu em São José na Costa Rica. Este desgraçado retirou um cão de uma rua e fez uma instalação em uma "galeria de arte".

“A "Exposição nº1" teve lugar em Agosto, em Manágua, na Nicarágua. À entrada, os visitantes podiam ler a frase "És o que lês", seguindo-se um cenário pouco comum: entre as obras do artista estava um cão, faminto e doente, amarrado por uma corda a um canto da sala.
Mesmo após alguns apelos dos visitantes para que o animal fosse libertado, o artista recusou-se a fazê-lo justificando que se tratava de uma homenagem a Natividad Canda, um nicaraguense que morreu depois de ter sido atacado por um rotweiller. Ironicamente, o cão acabou por morrer à fome em plena exposição quando o título da amostra estava escrito numa parede através de uma colagem feita à base de comida canina.”

Lamentavelmente as fotos podem ser vistas abaixo:

http://www.nacion.com/ln_ee/2007/octubre/04/aldea1263590.html
http://elperritovive.blogspot.com/


“Bienal Centroamericana de Arte decidiu, incompreensivelmente, que a selvageria que acabava de ser cometida por tal sujeito era arte, e deste modo tão incompreensível Guillermo Vargas Habacuc foi convidado a repetir a sua cruel ação na Bienal en 2008."

Para impedir que esta besta repita o feito, assine :

http://www.petitiononline.com/13031953/

Nenhum comentário: