7 de jan de 2008

Isso tem que er fim!


A campanha contra a violência no trânsito, protagonizada pelo Grupo RBS, beira a hipocrisia em último grau!

Até as pobres mulas sabem que os motoristas gaudérios são arrogantes e mal-educados. A violência coloca por terra, tudo o que a mídia corporativa tentou nos convencer: que somos ordeiros, gentis, de boa índole e respeitamos o próximo.

Nem tocarei no assunto corrupção, desvio de dinheiro e povo politizado, pois nisso estamos abaixo do cu do cachorro!

Hipocrisia, sim, pois a campanha deveria começar na própria casa. Quem sobe o Morro Santa Tereza pelas ruas Correa Lima e Silvério certamente serão ultrapassados e em alta velocidade, por algum carro pertencente à algum veículo da RBS. E na Correa Lima, por volta ao número 1550, existe uma escola.

Os carros da NET, empresa que a RBS é acionista, também deveriam vestir este espírito solidário.

Tenho a nítida impressão, que a concorrência com a Rádio Guaiba/ Rede Record está ficando acirrada e bateu o desespero. Pena que a Record copia a RBS, no que ela tem de pior. A falta de vergonha na cara!

Nenhum comentário: