5 de mar de 2009

Política de Segurança Pública da tucana Yeda Crusius: um desastre!



Dia 02 de março passado, dois cidadãos foram mortos em mais um assalto a um carro-forte de fronte a Caixa Federal no município de Garibaldi, na serra gaúcha. O Comandante Bonato do 3º Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas “destacou que a rápida ação e a integração das polícias foram fundamentais para o êxito da operação” (Correio do Povo-03/03/2009).

Fico pensando com os meus botões, com um êxito destes não são necessários mais desastres! Não há êxito em uma ação onde existam mortes, cara pálida! Isso é simples!

Só a Brigada Militar opera com um déficit de mais de 10 mil homens, número conhecido por qualquer marginal. Sem falar na defasagem salarial, estresse por falta de equipamento adequado e despreparo de parte do efetivo. Comenta-se que foram disparados mais de 100 tiros. Só no carro-forte havia por volta de 30 marcas de bala, dados pelos bandidos, imagino! Deve-se contar até 100 antes de se iniciar um tiroteio em plena rua, onde há transeuntes. Há despreparo das polícias e dos seguranças. Ficou o dinheiro e foram duas vidas!

Enquanto os assaltantes tiverem um poder de fogo e capacidade de locomoção muito adiante da força policial, fica inviabilizada qualquer tentativa ao combate a este tipo de crime. Agravado pela falta de policiamento nas ruas. Constatação que até os paralelepípedos, sem muito esforço, podem fazer.

Mas nossa desgovernadora gaba-se em ter feito o “ajuste fiscal”! E o preço desta ação desastrada foi mais duas vidas!
O que é que deixou de ser feito? Vidas que se vão por balas, nas filas dos postos de saúde, por falta de medicamentos e que se perdem por falta de um razoavel investimento em educação pública. A população que se lixe!

Esta é a receita que Yeda Crusius, a mentirosa*, prega em sua cruzada pelo país: como o jeito tucano de governar. Cruzada que seria facilitada pela a compra de um avião, já apelidado de “aero-bruxa”. O valor investido no tal “objeto voador” da governadora seria superior ao investimento em Segurança Pública para 2009.

Para agravar a situação, a imprensa sul-mampitubense encontra-se “amordaçada” por verbas publicitárias no valor de 92 milhões de real. Ou por falta de caráter mesmo! Já tem editorialista chamando urubu de loro e dizendo Yeda é honesta e equilibrada!

Não adianta termos policias assistindo ao descalabro pela TV, câmeras de segurança ou pelas páginas policiais. Os órgãos de segurança devem se antecipar ao crime. Aumento de efetivo, equipamentos modernos, integração, capacitação e salário digno! Treinamento, treinamento e treinamento.
Outro detalhe é a integração do estado aos projetos federais no âmbito da segurança pública. Desde o Governo de Germano Rigotto, o meigo, o estado insiste em não participar destes projetos. Suspeito que seja para não dar o braço a torcer pela incapacidade de gerir isoladamente a segurança. E mais uma vez, a população que se lixe!

O efetivo atual da Brigada Militar em Garibaldi é de 18. O desejável seriam 36. Depois do portão arrombado a cidade ganhará mais 7...

Pelo sim e pelo não oremos, portanto, pois pelo visto nossas vidas estão nas mãos de Deus!

Nada é tão ruim que não possa piorar! Com Yeda Crusius, a tia da casa do espanto, isto virou uma certeza.

-------------------------------
*mentirosa: porque?

Este blog adjetiva a governadora Yeda Crusius de mentirosa. Na campanha ao Governo do Estado que culminou sua lamentável eleição, Yeda prometeu dar um choque de gestão, fazer mais com menos e não aumentar impostos.

Eleita, e mesmo antes de assumir o cargo, Yeda Crusius pediu que Germano Rigoto, então governador e “um doce de pessoa”, enviasse à Assembléia um projeto de aumento de impostos.

Foi enviado e rejeitado. Mentiu, tentou e não levou. Veja aqui porque Yeda é mentirosa!

Já Dornéu Maciel, indiciado por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro pela Polícia Federal, acha que Yeda Crusius é "sacana". Não ousarei discordar!

Veja aqui a opinião de Maciel sobre Yeda!

4 comentários:

Dialógico disse...

Hoje, em torno das 17 horas, na Av. farrapos, ouvi sirenes: espichei o pescoço e vi um desfile de motos e viaturas da Brigada Militar, passando correndo em sentido contrário ao meu e com as sirenes a todo vapor.

Primeiro, pensei: prenderam a louca!!! Mas como em seguida, acompanhando a procissão, havia um carro de som, ao qual só pude ouvir "Brigada Militar", até agora, não sei e não entendi o que se passou!

Alguém mais testemunhou esse fato ocorrido na Farrapos?

Solano disse...

SILÊNCIO

Muito estranho o silêncio sobre o assassinato de Milton Nunes Kruger, principal testemunha de Paulo Salazar, o ex-petista que trava um liça judicial com os deputados Elvino Bohn Gass e Raul Pont alegando que teve parte de seus salários retidos como doação para o partido.

SEQUESTRO

Milton Nunes Kruger foi seqüestrado em Alvorada, no mês passado e executado em Canoas com dois tiros na cabeça e um no peito. Ele iria depor na 9ª Vara Criminal. A 2ª DP e Canoas investiga o assassinato.

Anônimo disse...

Caros,

Postagem nova no blog do Igor,
a série: E assim nasceu a Blogosfera... excelente artigo do Prof. Roberto Grün. Apareça por lá.
http://alexeievitchromanov.zip.net

Alberto

Ruy disse...

E as notícias "bombásticas" que o PSOL iria anunciar hoje?
Nada?

Nadinha mesmo?



E eu perdendo o meu sono de burguês!