10 de mar de 2009

Lembrem-se das gravações da Máfia do Detran? Calou a imprensa...

A alta voltagem que vive o Estado do RS foi previsto pela própria Governadora Yeda Crusius, a Bruxa de Lair (conforme imagem que circula na internet - Yeda virou motivo de piada): no início de seu governo disse que ninguém morreria de tédio. E tem razão, a desgovernadora.

O Piratini virou a nau dos insensatos e naufraga diante dos olhos de atônitos cidadãos. Yeda não consegue se quer parecer honesta.

Carta Capital desta semana traz um “furo de reportagem”, pois Zero Hora, o jornaleco da Azenha que se considera a fonte da informação, nem comenta o assunto. Ou ficaria melhor dito, que Carta Capital furou a blindagem que este governo é submetido pela imprensa local?

Carta Capital desvenda como são pagas contas de personalidades políticas do estado e como foram pagas dívidas de campanha. É bom lembrar que o orçamento do estado para publicidade para 2008 foi de 92 milhões de reais e não esta esgotado (*). Com este valor, compram-se as consciências de quase todos os editorialistas.

Fica fácil concluir, portanto, que o Grupo RBS tem pouco interesse em informar seus leitores sobre a corrupção deslavada do governo Yeda. Os demais jornalecos locais seguem a mesma linha, todos jogando a fidelidade canina dos fatos, no lixo.

Das informações sobre o caso em Carta Capital, alguma já se sabia. A novidade foi sobre a empresa de publicidade DCS, que estaria pagando despesas de “ilustres” personalidades. Mas também não nos surpreende.

Os acusados devem processar o PSOL para limpar seus nomes, caso contrário ficará a dúvida:

1-será que o PSOL sabe tudo, ou faltam “algumas cositas mas”?

2-Porque o repórter investigativo de ZH, Giovanni Grizotti, não tem matérias nesta área?

3-Porque a imprensa não exige uma faxina ética? Por que poderia ser varrida para o lixo também?

4-O PSOL teria em seu poder tais vídeos?

5-Onde andam Os Senadores Zambiazi e Pedro Simon (o dedo podre) ?

Se o PSOL possuir esses vídeos em seu poder, prestariam um inestimável serviço ao estado, enterrando de vez o jeito antigo de fazer política, de onde Yeda e quem a sustenta não desgruda um só segundo.

A "voz no poste" desta corja combinando falcatruas, seria um golpe mortal! Então está combinado: vamos vazar as gravações???
++++++++++++++++++++++++
Corrigido pelo Scharlau:
O orçamento de 93 milhões, segundo matéria no Valor econômico de 03.3.09 ( http://blogoleone.blogspot.com/2009/03/midia-e-governo-no-rs-o-preco-da.html - clique na imagem e depois clique de novo) é o orçamento previsto para 2009, 60% dele a ser gasto no primeiro semestre. O palácioPiratini informa que em 2008 foram gastos 14 milhões.

2 comentários:

Jean Scharlau disse...

O orçamento de 93 milhões, segundo matéria no Valor econômico de 03.3.09 ( http://blogoleone.blogspot.com/2009/03/midia-e-governo-no-rs-o-preco-da.html - clique na imagem e depois clique de novo) é o orçamento previsto para 2009, 60% dele a ser gasto no primeiro semestre. O palácioPiratini informa que em 2008 foram gastos 14 milhões.

heliopaz disse...

Os movimentos sociais tem minha defesa quase total e irrestrita em quase todas as questões nas quais estão envolvidos, sobretudo no tocante à reforma agrária, à saúde, à educação, ao esporte e à arte (infelizmente, os dois últimos quesitos são vitais para uma sociedade mais justa e são pouco valorizados).

Todavia, mesmo que a Constituição considere legal desconstruir o uso NÃO-social da terra, considero as invasões uma forma de pressão tão inócua quanto uma greve qualquer.

O que tu e os teus comentadores acham disso?

http://heliopaz.wordpress.com/2009/03/09/mst-via-campesina-ensinem-os-favelados-a-plantar-na-cidade/

[]'s,
Hélio