15 de mar de 2009

Cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém!



A vida de Yeda Crusius passa por um verdadeiro inferno astral. Nem se passaram 7 dias, e um novo escândalo espreita o Piratini. As desgraças de um político nem sempre são decorrentes de uma vida pregressa desonesta e rasteira.

Entretanto, no caso de nossa desgovernadora, as crises ocorrem exclusivamente ao colher as más sementes plantadas. Uma verdadeira “colheita maldita”. E não há nenhuma surpresa.

Quanto a crise do tal ouvidor Adão Paiani sobre os grampos ilegais, é muito curioso que ele tenha tentado falar com o Piratini sem sucesso, igual a tal carta do Lair Ferst que nunca chegou à Yeda, no caso da Máfia do Detran.

O mais curioso é que trouxe o caso à tona por não dever satisfações ao governo: “Meu compromisso agora é com a verdade”. Por acaso antes era com a mentira? O governo da tucana Yeda Crusius é uma falcatrua? Não estamos entendendo!!!

É bom lembrar que o Marcelo Cavalcante apareceu boiando no Lago Paranoá em Brasília dois dias depois de ter conversando com Yeda Crusius...

Um comentário:

Anônimo disse...

Querem se livrar da Yeda?
Então impeçam a reeleição dela.