17 de jul de 2008

RBS mostra uma árvore que não para em pé.

ZH-13/07/2008



Faltam-lhe as raízes e mais galhos: PMDB e PSDB.

Se há um órgão em que a população voltou a acreditar, este é a Polícia Federal. Estávamos, já, desanimados. Eis que a PF desencadeia prisões, amparadas por investigações intensas e autorização do MP Federal.

“Figurões” algemados e presos melhoraram nossa auto-estima e passamos a acreditar que o crime não compensa. E prendem o famigerado Daniel Dantas. Daniel Dantas iniciou sua influência via Toninho Malvadeza. Fabricando sacolas de plástico e como sócio em posto de gasolina. No governo FHC enraizou influencias, inclusive participando em jantares exclusivos com FHC. Em 2002, um dia após jantar com FHC, houve a troca da direção de um fundo previdenciário PREVI, e dar andamento aos seus interesses "comunicativos".

Há uma batalha subterrânea pelo poder e controle de políticos. Do DEM e PDSB já se sabia. E há uma parte importante do PT, o chamado PTdoD, com ligações perigosas com Dantas.
Em fim, deveriam formar o partido PdoDD.

Assiste-se, agora uma batalha onde não poderia haver, na Policia Federal. Apesar dos desmentidos, pegou mal.

Já o PIG (Partido da Imprensa Golpista), nunca iria colocar uma tênue raiz ou uma mera folha com etiqueta do partido do Sr. Aécio Neves. Zero Hora conseguiu plantar uma árvore sem raízes, na página 8- Política do dia 13 de Julho.

Honestamente, nã sei como Carolina Bahia, Fábio Shaffner e Robson Bonin conseguiram produzir aquela reportagem sem que apareça Fernando Henrique Cardoso e a privataria, onde Dantas levou uma beirada. E a RBS também.

Deveriam ter verginha!

Nenhum comentário: