22 de jul de 2008

A Casa da Luz Vermelha!

A Governadora Yeda Crusius, a honesta, lançou uma carta compromisso em 'defesa da ética', só após ser descoberto que antes da Operação Rodin, a ética só valia para o quintal do visinho. No Piratini e sob o teto de partidos aliados, a putaria era generalizada!


Yeda eleita transformou-se em gerente de bordel e essa carta é mais uma empulhação para a manutenção de partidos mamando nas tetas das verbas públicas para a manutenção de seus currais eleitorais.


O que lamentamos é a incapacidade dos órgãos fiscalizadores em fiscalizar, e não jogar a sujeira para baixo do tapete, e dos eleitores em avaliar e eliminar os envolvidos com essa "crise ética".

Neste sentido, nota zero ao Tribunal de Contas, onde sobre seu Presidente, recaem dúvidas sobre um comportamento meio leniente, para não dizer outra coisa. E nota zero aos eleitores deste estado.

Inegável, também, que jornalistas silenciaram. Quanto custará para um jornalista, fazer de conta que acredita nas intenções de honestidade da Governadora?


A verba já está anunciada. A verba do RS para publicidade é 94 milhões de reais. Este é o cala-boca de Yeda. Há jornalistas, publicitários e comunicadores alucinados em botar a mão nesta bufunfa! Com este dinheiro eles dirão qualquer coisa, até que Yeda é proba, equilibrada e não ganhou a casa do espanto como as pedras comentam desde o final de 2006.


Vamos ver a enrolação das informações que Yeda deverá dar ao Tribunal de Contas.
Quanto mais eu converso com pessoas que conhecem sobre o assunto, fico mais de cabelo em pé.

Nenhum comentário: