1 de fev de 2011

Ana Hollanda, ministra de Serra!



A postura da Ministra da Cultura, em uma de suas primeiras atitudes, causou surpresa.  Retirar o símbolo do Creative Commons do portal do Ministério da Cultura. Pois dona Ana Holanda mostrou as unhas afiadas, mais cedo do que o esperado. É ligada ao ECAD (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) que regula e cobra pelos direitos autorais.

Ela retirou um símbolo da resistência, que é o Creativa Commons. O Creative Commons Brasil é um projeto sem fins lucrativos que disponibiliza licenças flexíveis para obras intelectuais. O ECAD tem fins lucrativos e parece que a ministra também.

A democracia não se conclui no dia em que depositamos nosso voto na urna. Ela apenas começa ali. Inicia-se uma luta pela manutenção de conquistas e ampliação de mudanças que visam o bem coletivo, o bem público.

Certa vez assisti a um debate pela internet, de um evento que se realizava na PUC-RS, onde entre outros atores estava Raul Pont. Não lembro assunto, mas ficou uma frase gravada a fogo: "as mudanças que a sociedade necessita, não devem ser esperadas como uma coisa automática a ser executada pelos partidos políticos, mas pela mobilização e pressão da sociedade organizada.”  Não foram exatamente essas palavras, mas o sentido foi este!

Nestes nove anos de militância política, a partidária, este é um momento único: a possibilidade da regulamentação da comunicação, no Brasil, que já vem atrasada. Como a Reforma agrária. É o momento de discutirmos o que nós queremos, e não o país que os grupos de comunicação "dizem que nós queremos". O protagonismo da democracia, é nosso.

Nos oito anos do governo do Presidente Lula, tivemos a democratização das verbas para a cultura, atingindo todos aqueles grupos que fazem um trabalho pró-cidadania e cujos recursos, antigamente, iam para os mesmos de sempre. A indignação dos “Arrnaldo Jabores da vida ficou evidente. Os inúmeros “Pontos de Cultura”. Para  Arnaldo Jabor conseguir uma verba para o seu projeto, deve haver  um cunho social.

Ana Holanda inicia sua gestão, dando sinais de que o projeto vencido no processo eleitoral do último pleito saiu vitorioso!

Aos que pedem prudência, contra os ataques à ministra, danem-se.

Portanto, pau na ministra!

A Carapuça

Nenhum comentário: