9 de jan de 2011

Governo "honesto", pesquisa "honesta" e a eleição um "sucesso" como assistimos...

O resultado pode ser visto pelos novos secretários e diretores de equipamentos públicos, em todas as áreas do estado. As estradas, o Governo yedista só tomou conhecimento sobre o desastre que eram no ano da eleição. Saúde, os hospitais que deveriam ter recebido verbas repassadas pelo SUS, amargaram o atraso e a não-verba. Órgãos de pesquisa, sucateados. A educação;  estamos em 15° entre os estados brasileiros. Segurança pública, só o Coronel Trindade, que tentou boicotar de todas as maneiras a cerimônia de posse de Tarso Genro,  foi um desastre. E a Cultura, Yeda deixou os museus e entidades que tratam deste assunto, ao cargo de uma única besta e secretariada por uma cavalgadura. Foram quatro anos de não-cultura.

Ela "arrumou a casa"...

Yeda saiu de cena, e nos deixou um rastro de destruição. Acredito que bem ao gosto do Sr. Jorge Gerdau Johannpeter. Não é demais lembrar que não há mais foro privilegiado para Yeda e demais parceiros de seu desgoverno.

A única coisa positiva dos aloprados que ocuparam a casa de "Bento Gonçalves" foi destampar os bueiros da corrupção e nos contar um pouco da história de como as elites guascas ganhavam as eleições... 

Temo que essa história não tenha terminado!

Nenhum comentário: