2 de nov de 2010

Lula não quer Malocci no Palácio. E o Cardozo pode ?


[do blog Conversa Afiada]

Diz a manchete do Globo:


Lula não quer Malocci na Casa Civil nem na equipe econômica.


O Conversa Afiada recebe a notícia com regozijo.


(Embora duvide que o Lula venha a mandar no Governo da Dilma. Nenhum dos dois quer.)


E há muito tempo este ordinário blogueiro não aplaude o Globo com tanto entusiasmo.


Antonio Malocci foi o único Ministro da Fazenda do Brasil, desde Delfim Netto no Governo Médici, que este ordinário blogueiro não entrevistou.


Jamais conseguiu uma mísera entrevista, ainda que por telefone com o Ministro Malocci.


Sabe por que, amigo navegante ?


Porque este ordinário avisava ao assessor de imprensa do notável ministro Malocci que pretendia fazer singela pergunta: por que o senhor mantém na presidência da CVM, o órgão xerife do mercado de capitais, o escolhido por Fernando Henrique, Luis Leonardo Cantidiano, sócio de Daniel Dantas ?


Por que mantê-lo ? , queria saber este ordinário blogueiro.


Muitas e muitas vezes este ordinário blogueiro solicitou entrevista a Marcelo Netto, conhecido assessor de imprensa do Ministro Malocci.


Inútil.


Malocci só não deu mais entrevistas à urubóloga Miriam Leitão do que o Malan, propriamente dito.


Malocci é pior que o Serra: não pode ver um repórter da Globo.


Além de ser (inútil) colonista (*) do Globo (como ele escreve mal !).


Entrevista a este ordinário blogueiro, jamais !


Além de manter Cantidiano até o fim do mandato, Malocci nomeou para o lugar uma pessoa de confiança de Cantidiano, Marcelo Trindade, advogado de Cantidiano em ação que move contra o corajoso jornalista Rubens Glasberg.


Estranho, não, amigo navegante ?


Este ordinário blogueiro tem a séria desconfiança de que o notável Ministro Malocci, o quindim de Iaiá dos banqueiros, nutra por Daniel Dantas (e os advogados de Dantas, caríssimos !) a mesma avaliação do Fernando Henrique: “brilhante ! ”.


Clique aqui para ler o necrológio que Mino Carta fez de FHC na Carta Capital.


Se o Malocci não pode, o José Eduardo Cardozo pode ?


José Eduardo Cardozo não se candidatou à reeleição a deputado federal pelo PT de São Paulo porque, talvez, desconfiasse que não fosse eleito.


E se proclamou Papagaio de Pirata de Dilma.


Sobre isso, no post “Dilma chora ao agradecer a Lula”, o Conversa Afiada já se manifestou:


Em tempo: confirmou-se hoje a entronização do ex deputado José Eduardo Cardozo na função de Papagaio de Pirata da Presidenta Dilma.


Ela de branco e, mais alto, ele de preto, atrás, levemente deslocado para que seu rosto pudesse ser sempre captado.


Ali, o Papagaio arrumava o cabelo e fazia o queixo repousar sobre a mão.


Dialogava com a platéia e tirava a atenção da Presidenta.


A Nação agradeceria se essa função fosse abolida, a de Papagaio de Pirata.


Na sucessão de Marcio Thomaz Bastos, chegou-se a falar em Cardozo para Ministro da Justiça de Lula.


Este ordinário blogueiro sentenciou: se isso acontecesse, Cardozo nomearia Daniel Dantas Diretor Geral da Polícia Federal,


Na CPI dos Correios, Cardozo fez uma pergunta tão inútil quanto complexa, o que permitiu a Daniel Dantas dar uma resposta tão complexa quanto inútil.


E tirar o pescoço da forca.


Foi uma pergunta igualmente “dura” e cúmplice.


Há no passado de Cardozo uma zona cinzenta: a que encobre a compra da empresa de telecomunicação do Rio Grande do Sul por Daniel Dantas, nos “porões da privataria”, como diz o Amaury Ribeiro Jr.


Depois, houve o inesquecível jantar árabe (?) na casa do então senador Heráclito Fortes, líder da Bancada Dantas.


Daniel Dantas promoveu o jantar para dizer pessoalmente ao Ministro Thomaz Bastos que não era o autor da reportagem de Marcio Aith – assessor de Serra – com a conta secreta de Lula num paraíso fiscal.


(Depois a própria Veja confessou que ele, Dantas, escreveu a chamada reportagem a quatro mãos com Aith.)


Quem estava no jantar, para referendar o rega-bofe sinistro ?


O deputado Cardozo !


Por que o Heráclito chamou o Cardozo ?


Por que não chamou a Luiza Erundina ?


O deputado Walter Pinheiro, agora Senador pela Bahia, e que também entende de Comunicação, como a Erundina ?


Por que logo o Cardozo ?


Quando o Conversa Afiada disse que Cardozo nomearia Dantas Diretor Geral da Policia Federal, Cardozo me procurou na Câmara dos Deputados.


Reclamou, reclamou.


Este ordinário blogueiro explicou, como agora, por que tinha dito aquilo.


Cardozo ficou de mandar uma nota de esclarecimento.


Não chegou até hoje.


Ah !, esse Correio !


Paulo Henrique Amorim

Nenhum comentário: