4 de jul de 2010

Herdeiro da Famiglia Sirotsky, envolvido em estupro de gatota de 14 anos em Florianópolis!



S. O. S. apelido ZINHO -Filho de Sérgio Sirotsky – Diretor da RBS, B. M. – Filho de Delegado da 4a. DP de Coqueiros e mais uma terceira pessoa, estupraram uma garota de 14 anos, em Florianópolis.

Partindo-se da idéia: o que não foi noticiado, não aconteceu, O Grupo RBS, manteve-se em absoluto silêncio. Isso quando se trata criaturas de seu potreiro. Já, quando interessa destruir alguém, sabemos muito bem como essa gente procede.

================

"Um garoto de 14 anos, filho de um figurão de uma importante rede de tv do sul do país, estuprou uma garota de 13 anos em Florianópolis, junto com dois outros colegas da mesma idade, um deles filho de um delegado.

Doparam a guria num shopping, levaram-na para casa de um deles, e a estupraram de todas as formas possíveis, incluindo modalidades doentias. Ao tentarem estrangular a garota, a mãe do menino flagrou a cena, que se passava em seu quarto. Assustados, os pequenos monstros pararam o que estavam fazendo, e permitiram que a mulher recolhesse a garota e ligasse para seus pais virem buscá-la."

*Garota Coca-Cola

Gente finíssima, como se pode bem ver!

===================


O Tijoladas acaba de receber essa carta de mães de alunos do Colégio Catarinense
Caros leitores,

Estamos nos dirigindo a vocês, por ser nosso único meio de comunicação ainda livre de controle da informação falada e escrita, especialmente para o nosso caso de Florianópolis onde o domínio é total pela RBS que controla tudo.

Somos um grupo de mães do tradicional Colégio Catarinense de Florianópolis. É de conhecimento geral de que se trata de um colégio no qual estudam os filhos das famílias mais tradicionais, influentes e ricas de nossa Cidade, ou seja, a chamada “elite” Florianopolitana. Neste momento em que escrevemos isso estamos profundamente envergonhadas, pois este colégio está se tornando uma escola formadora de alunos pedantes, arrogantes, sem escrúpulos, sem noção do que é certo ou errado, pois esta escola está travestida de uma impunidade para os atos de seus alunos de pais influentes.

- Já não bastassem que há anos existam drogas circulando pelas dependências da escola, trazidas e servidas pois filhos de pais influentes;
- Já não bastassem que há anos acontece de tudo nas dependências da escola, como cheirar, fumar todos os tipos de fumo, transar, bater e intimidar os mais fracos;
- Já não bastassem as gangues famosas do Catarinense ameaçando os próprios alunos que não fazem parte, ou andando pela cidade ameaçando alunos de outras escolas, ou nas baladas cantando de galos, ou lutando entre si até sangrarem como já apareceu na TV;

Como se isso não bastasse, sem que nós pais pouco ou nada pudéssemos fazer junto a Direção do Colégio para que tomassem uma atitude com essa permissividade absurda que estava crescendo nas dependências da escola, principalmente em relação a esses filhos dessa elite maldita de nossa Cidade, agora temos um estupro de uma de nossas adolescentes. Isso mesmo, uma aluna do Colégio Catarinense foi brutalmente estuprada por três colegas, igualmente com 14 anos cada e colegas do mesmo colégio.

Tomamos essa medida de contar esta história que aconteceu há poucos dias (hoje é 28/06/2010), mas que está sendo abafada pela imprensa, porque um dos alunos estupradores é o filho de 14 anos do Sr. Sérgio Sirotsky, um dos Diretores da RBS TV e o outro é o Bruno, filho de um Delegado de Polícia da Cidade. O outro aluno ainda não conseguimos levantar. Quanto ao nome da adolescente, não divulgaremos a pedido da família que está em choque. O que podemos divulgar é que a garota fez o exame de corpo de delito e o processo esta correndo em sigilo (o sigilo não foi pedido pelos pais da garota e sim pelo Delegado e pelo Sr. Sérgio Sirotsky pra preservar os delinqüentes e estupradores de seus filhos).

O caso ocorreu porque a menina terminou o namoro com o filho do Delegado, aí os amigos resolveram se vingar da garota. Encontraram com ela no Shopping Beira Mar, colocaram alguma droga na sua bebida (parece que foi a droga Boa Noite Cinderela) e a levaram para o apartamento da Mãe do filho do Sérgio Sirotsky que fica bem próximo ao Shopping Beira Mar. No quarto do garoto, os três estupraram a garota de todas as maneiras possíveis, até introduziram um controle remoto na vagina. Quando estavam estrangulando a garota, a mãe (ex mulher do Sérgio Sirotsky) entrou no quarto. Disseram que em princípio, e acreditamos que sim, pois deve ter sido uma cena grotesca e inimaginável para qualquer pai ou mãe, teve um ataque e bateu muito nos garotos e principalmente no filho. Porém passado o choque inicial, ela deve ter pensado nas conseqüências terríveis do ato de seu filho e resolveu protegê-lo. A garota ainda estava desacordada, então ela vestiu a menina, enrolou um cachecol em volta de seu pescoço para esconder as marcas e ligou para a mãe da menina dizendo: “Venham buscar sua filha, pois sabe como são esses adolescentes, fizeram uma festinha aqui em casa na minha ausência, andaram bebendo e se passando, ela está meio bêbada e caindo pelas tabelas.” Os pais foram buscá-la e a levaram para casa desacordada, porém aos poucos ela foi acordando e começou um choro desesperado e a falar coisas desconexas beirando ao histerismo. A mãe apavorada com o comportamento da filha, tentando acalma-la e ao tirar o cachecol viu as marcas no pescoço da filha em choque sem saber o que pensar ou dizer levaram imediatamente a filha ao médico e lá chegando o mundo foi caindo para esta família. Depois do médico foram orientados a ir a Polícia e a fazer o exame de corpo e delito.

Desnecessário dizer que os pais da garota receberam o telefonema do todo poderoso da RBS para que resolvessem esse “problema” e forma discreta, pois a final era o futuro de “seus” filhos que estava em jogo.

Pergunta: Qual futuro está em jogo???? Da garota estuprada ou dos garotos estupradores?????
Resposta: A garota irá sofrer muito com certeza e juntamente com toda a sua família, mas irá superar porque o mal não está com ela. Agora, esses garotos estupradores e quase assassinos, porque se a mãe não tivesse chegado a tempo eles teriam matado a menina, esses não têm mais jeito, esses estão marcados pro resto da vida têm que ser punidos, pois se não forem continuarão a fazer isso com outras meninas respaldados por essa impunidade garantida pelos seus pais poderosos.

Divulguem isso por favor, nos ajude a impedir que mais essa aberração desses garotos passe impune. Que aliás não é a primeira vez que esses garotos aprontam, são uns delinquentes, prodígios de bandidos.

Assinado: Mães indignadas do Colégio Catarinense
*Tijoladas do Mosquito

===========
Caríssimos...façam o seguinte teste:
Executem a pesquisa abaixo no Google:

estupro + sirotsky + filho site:http://www.clicrbs.com.br

Acharam algum traço de algum crime cometido por alguém do clã Sirotsky?

7 comentários:

Cintia Diniz disse...

Eu realmente não sei o que é pior, vi hoje no jornal da Tv Record, um delegado dizendo que não sabe se o que aconteceu pode ser considerado um estupro, ele disse houve conjunção carnal, mas eu não estava lá para saber se foi a força ou não, realmente REVOLTANTE, não existe impunidade existe FALTA DE DINHEIRO, pq a JUSTIÇA É MOVIDA A DINHEIRO...se como o proprio simbolo da justiça nos mostra...CEGA!

CATHARINA AMARAL disse...

Estamos no país do oba-oba. Nada vai acontecer a esse rapaz, não se iludam. Agora, se ele fosse um “Zé da Silva”, ele já teria levado uma surra e a notícia já teria sido divulgada.
Os bem nascidos deste país, fazem o querem e nada lhes acontece! Eles queimam índios, urinam em moradores de rua, dirigem bêbados matando pessoas, arrastam garotas de programa até a morte em seus carrões, estupram e o que acontece? NADA! Pois contratam os melhores advogados que o dinheiro pode comprar…
Viva o Brasil, o país da falta de vergonha na cara!
O PAÍS ONDE O EXEMPLO NUNCA VEM DE CIMA!

Pimenta Brava disse...

nao deixem este assunto morrer. vamos divulgar ao máximo. a "grande imprensa" está desfocando o assunto pq está abordando o caso Bruno ( outra anta), nós pais de famílias nao podemos deixar que isto caia no esquecimento. fica aqui a pergunta, será que os srs RBS também nao divulgariam nada se fosse a filha deles que tivesse sido estrupada??

Gladimir disse...

Fico estarrecido como uma rede que ñ para de noticiar o caso Bruno, ao mesmo tempo ñ fala uma vírgula do estupro. Qto ao delegado, sua declaração já seria motivo para exoneração, ñ só pela intenção, mas principalmente pela falta de conhecimento jurídico. Se houve conjunção carnal com menor, ñ interessa se forçada, a lei considera estupro.

Cintia disse...

Novamente posto aqui para ressaltar, ñ apenas a minha opnião, mas pelo que li aqui de várias pessoas, realmente a midia está focada no caso BRUNO, que tbm não pode deixar de noticiar, um garoto que tinha td para ter uma carreira brilhante, pelo seu egoismo PERDEU tudo, bom voltando ao caso estupro, imaginem se os "filhos" desses senhores tivessem feito algo parecido com o que foi feito com a
eliza, isto tbm não seria noticiado

Anônimo disse...

usem o twiter para aumentar a divulgaçao.

Anônimo disse...

Esse caso não tem nada haver com o colégio catarinense. Os garotos estudam no bom jesus e a garota no santa catarina.Eu estou defendendo o CC,pôs sou aluno de lá,e acho horrível culparem a gente sendo que nos não temos nada haver.Sim,o sirotsky já estudou aqui,mas foi bem antes desse caso que teve agora...Por causa dessas noticias qe estão divulgando,dizendo que o CC só cria monstros que cheiram drogas e o que o Zinho sirotsky estudava aqui,chegaram a pichar o muro do colégio escrito "sirotsky"
Então ou seja,o colégio catarinense não tem nada haver com esse caso se estupro