24 de fev de 2009

Yedinha, a honesta; uma releitura!


Foto de 15/02/2009 no Largo do Expedicionário

2 comentários:

Anônimo disse...

Calúnias e mais calúnias! O governo vermelhento que se instalou, solerte, no Planalto Central, agora, além de enxovalhar os homens bons da nação, dá-se ao cúmulo de caluniar as damas altas, loiras, ricas e bem-nascidas, lindas e que governam o Rio Grande com um rebenque na mão! Simplesmente um luxo! Os rebeldes PSOLentos, quais uns Sans-Culote do Guaíba, assacam vitupérios contra a nossa quase-varonil governadora! E tudo isso sem provas! Assim não pode, assim não dá, já dizia nosso bem-amado líder FHC, o Farol! Urge que nosso comandante José Serra escale imediatamente o nosso líder varonil Geraldo Alckmin, aquele que quase subiu as grimpas do Planalto, para socorrer, sem demora, a nossa bela dama dos pampas, da sanha peçonhenta dos petralhas e psolentos! E que Geraldo, munido de um chicote com flagelo nas pontas, dê um merecido corretivo nas hostes maléficas que teimam em impedir Yedinha de chafurdar, digo, de reinar, absoluta, como a grande dama de ferro dos pampas! Uma verdadeira Tatcher tropical, muito acima do nível rés-do-chão dessa gentalha desclassificada!
Que São Serapião nos ajude nessa hora e São Supriano também, que a arenga está com ar de ser um ebó dos bravos!

Hariovaldo Almeida Prado

Anônimo disse...

Caro Hariovaldo!

Não precisa pensar muito para saber quem está por trás da onda de denuncismo, afinal, como 'ele' quer disputar o Piratini em 2010, aproveitou o fato de ter o controle da Policia federal para criar fatos.

'Ele" sabe que os gaúchos são éticos, não toleram corrupção e assim, essas denúncias prejudicam o atual governo, mesmo que não sejam provadas. É a velha máxima de "repetir uma mentira até que ela vire uma verdade". O momento é propício, pois ele aparelhou a polícia federal com seus companheiros, transformando-a numa Gestapo*.

Só resta torcer para que o povo do Rio Grande do Sul tenha lucidez e não se deixe enganar pela máquina de mentiras vermelha e assim como em 2002, o mande para bem longe do Palácio Piratini.